Giorgio Perottino/ Reuters
Giorgio Perottino/ Reuters

Em Turim, Itália e Inglaterra empatam por 1 a 1 em amistoso morno

Graziano Pelle e Townsend balançam as redes no Juventus Stadium

Estadão Conteúdo

31 Março 2015 | 17h46

A Itália recebeu nesta terça-feira a Inglaterra, no primeiro encontro das seleções depois da partida de estreia da última Copa do Mundo, em Manaus. Se naquele 14 de junho de 2014 os italianos venceram em um eletrizante 2 a 1, desta vez as seleções foram a campo em Turim em ritmo bastante reduzido, fizeram um jogo morno e empataram por 1 a 1, resultado que ficou de bom tamanho para os dois lados.

Com os times bastante mudados em relação aos que entraram em campo na última rodada das Eliminatórias da Eurocopa, as atenções ficaram voltadas para os ataques. Do lado italiano, estava o brasileiro naturalizado Eder, que marcou em sua estreia na seleção, no 2 a 2 diante da Bulgária. Na Inglaterra, o titular era Harry Kane, grande destaque do Tottenham na temporada e que também estreou com gol com a camisa do país, na goleada por 4 a 0 sobre a Lituânia. Mas ambos foram pouco acionados e passaram apagados nesta terça.

A Itália dominou o primeiro tempo e chegou duas vezes nos primeiros minutos. Aos nove, Parolo arriscou de longe e Hart precisou mostrar elasticidade para espalmar. Sete minutos depois, Darmian fez ótima jogada pela esquerda e cruzou para Eder, mas Jagielka apareceu na hora certa para impedir o primeiro.

A resposta da Inglaterra veio aos 20, em chute de Rooney que desviou e parou no travessão. Mas foi só. A pressão italiana era intensa e resultaria no primeiro gol aos 28. Chiellini recebeu pela esquerda, cortou a marcação e cruzou para Pellé, que só desviou de cabeça para matar Joe Hart.

O segundo tempo começou como o primeiro, e a Itália precisou de somente quatro minutos para levar perigo. Eder recebeu enfiada precisa de Darmian e tentou tirar de Hart, que saiu bem e bloqueou o chute. A resposta da Inglaterra aconteceu aos nove, depois que Rooney encontrou Gibbs pela esquerda e o lateral bateu mal, para fora.

Mas o amistoso logo ganhou contornos de treino e o ritmo caiu. A Itália seguia dona da posse de bola, mas apenas tocava de lado, sem agredir. Darmian era o único que tentava algo diferente, mas sozinho não conseguia fazer a diferença. A Inglaterra, por sua vez, buscava os contra-ataques, mas também sem grande ímpeto.

Wayne Rooney, então, resolveu acordar. Aos 26, justamente em um contra-ataque, ele recebeu na área e bateu firme para boa defesa de Buffon. Três minutos depois, Kane fez boa jogada pela direita e cruzou para o atacante do Manchester United, que desviou rente à trave.

Foi só pressionar um pouco mais que os ingleses chegaram ao empate. Aos 34 minutos, Townsend recebeu na intermediária, ajeitou para o pé direito e acertou lindo chute cruzado, sem chances para Buffon. Dois minutos depois, Rooney foi lançado pela esquerda e teve a chance da virada, mas chutou em cima do goleiro italiano.

OUTROS RESULTADOS

Nos outros jogos do dia, destaque para o empate por 1 a 1 entre Áustria e Bósnia-Herzegovina. A Eslováquia venceu a República Checa por 1 a 0, em casa. Já a Turquia contou com o gol de Calhanoglu no fim da partida para derrotar Luxemburgo por 2 a 1, na casa do adversário.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.