Leonardo Moreira/Fortaleza
Leonardo Moreira/Fortaleza

Em uma semana, 'vaquinha' do Fortaleza arrecada R$ 140 mil para reforma do CT

Meta é alcançar R$ 400 mil até fevereiro de 2020; técnico Rogério Ceni doou R$ 100 mil

Gonçalo Junior, O Estado de S.Paulo

19 de dezembro de 2019 | 16h29

Desde sábado, o Fortaleza já arrecadou R$ 140 mil entre os torcedores em uma “vaquinha” virtual para a reforma de seu novo CT chamado Centro de Excelência. A meta é alcançar R$ 400 mil até fevereiro de 2020. O técnico Rogério Ceni contribuiu com a ação e doou R$ 100 mil. A ação foi batizada de “vaquinha do Mito”, em referência ao apelido do ex-goleiro do São Paulo.

O clube pretende reformar a sala de troféus, o núcleo de futebol profissional, o hotel e o refeitório do CT. Os torcedores podem fazer doações entre R$ 10,00 e R$ 1.000,00 e recebem algumas “recompensas de agradecimentos” do clube, de acordo com o valor depositado. As recompensas são certificados digitais, publicação do nome na lista de agradecimento do site, copos comemorativos e camisas oficiais.

“A torcida é o nosso maior patrimônio. O Centro de Excelência é um pedido do próprio Rogério Ceni e também o legado que queremos deixar para o Fortaleza. Tenho certeza de que, mais uma vez, os tricolores estarão ao nosso lado para atingirmos a meta da campanha de arrecadação”, diz Marcelo Paz, presidente do Fortaleza.

A participação na vaquinha virtual é mais um capítulo do apoio da torcida em um ano vitorioso para a história do clube. O Fortaleza foi campeão da Série B do Brasileirão em 2018 e faturou os títulos do Campeonato Cearense e da Copa do Nordeste em 2019. Para encerrar a temporada com chave de ouro, o clube cearense ainda alcançou uma vaga na próxima edição da Copa Sul Americana após terminar o Campeonato Brasileiro na nona colocação.

O clube também conseguiu realizações importantes fora de campo. Com planejamento estratégico e a profissionalização de diversas áreas – remuneração de dirigentes e a implementação de regras de compliance –, o Fortaleza conseguiu aumento de 111% na arrecadação em 2019. O estádio Alcides Santos, sua antiga sede, foi reformado e terá hotel e dois campos integrados. O clube também vem inovando na relação com o torcedor. A expectativa é arrecadar cerca R$ 10 milhões em 2019 com uma camisa popular para combater a pirataria.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.