Vitor Silva/Botafogo
Vitor Silva/Botafogo

Em vantagem, Botafogo recebe paraguaios para ir às oitavas da Sul-Americana

Além da vantagem construída na partida de ida, equipe mostra confiança pelo retorno do atacante Erik

Redação, Estadão Conteúdo

29 de maio de 2019 | 08h20

Com a vantagem adquirida no primeiro jogo, o Botafogo volta a encontrar o Sol de América, do Paraguai, para confirmar sua classificação às oitavas de final da Copa Sul-Americana, nesta quarta-feira, às 19h15, no Engenhão.

O primeiro duelo, na semana passada no Paraguai, foi vencido pelo time carioca por 1 a 0, com gol de Erik, o que deu ao Botafogo a vantagem de poder empatar no duelo desta quarta-feira. Um novo 1 a 0, mas a favor da equipe paraguaia, obriga os times a decidirem a vaga nos pênaltis.

O Botafogo trata a competição sul-americana com muita importância. Como a equipe não é uma das postulantes ao título do Campeonato Brasileiro - no momento ocupa o 11º lugar, com nove pontos - e já está eliminada da Copa do Brasil, joga toda as fichas pela taça do torneio intercontinental.

Além da vantagem construída na partida de ida, o bom retrospecto dentro de casa e o retorno de atletas importantes pesam a favor do Botafogo. O time carioca não perde há oito jogos no Rio e Erik, que não atuou na derrota por 1 a 0 para o Palmeiras por pertencer ao clube paulista, é o principal reforço do time para a partida.

"Ele tem sido muito importante, fazendo gols e participando muito coletivamente. Tem muita velocidade, acaba se completando com Diego Souza. Além dos gols, ajuda a criar as jogadas, tem sido um desafogo com a bola no espaço", elogiou o técnico Eduardo Barroca.

O treinador, além de Erik, artilheiro da Sul-Americana, com quatro gols, também terá a volta do zagueiro Joel Carli, que estava suspenso no Brasileirão. Expulso no Paraguai, o volante Jean desfalca o time. "Todos os jogadores têm se dedicado muito. Botafogo ainda não sofreu gols na competição. Espero que a gente consiga fazer grande jogo", afirmou Barroca.

O Sol de América teve uma semana de preparação para o duelo com o Botafogo, pois o Torneio Apertura do Paraguai chegou ao fim antes do confronto de ida com a equipe carioca. O treinador Fernando Ortiz deve manter a base do time que foi derrotado em casa, com apenas uma alteração: a saída de Matias Pardo, suspenso por ter sido expulso no duelo em casa. Otazú e Richard Escobar disputam vaga no time titular.

Tudo o que sabemos sobre:
BotafogoCopa Sul-americana

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.