Reprodução Twitter Brasil de Pelotas
Reprodução Twitter Brasil de Pelotas

Em Varginha, Brasil-RS supera o Boa e se garante na Série B em 2019

Welinton Junior, aos 15 minutos do primeiro tempo, fez o único gol da partida

Estadão Conteúdo

09 Novembro 2018 | 23h33

O Brasil, de Pelotas (RS), garantiu, de forma matemática, a sua presença do Campeonato Brasileiro da Série B do ano que vem ao vencer o Boa por 1 a 0, nesta sexta-feira, no estádio Dilzon Melo, na cidade mineira de Varginha, pela 36.ª e antepenúltima rodada.

Esta foi a terceira vitória seguida do time gaúcho, agora com 46 pontos, no meio da tabela de classificação, aliviado depois de ficar 13 rodadas na zona de rebaixamento. Enquanto isso, o time mineiro é o lanterna, com 29 pontos, e rebaixado desde a último rodada, quando perdeu para a Ponte Preta.

Empolgado com a goleada por 5 a 0 em cima do Vila Nova, o time gaúcho começou o jogo tranquilo. Aos sete minutos quase abriu o placar. Itaqui arriscou o chute de fora da área, o goleiro Igor Ryan tentou pegar sob a cabeça, a bola tocou em suas mãos e explodiu no travessão. Na sobra, ele ainda teve que dividir com Diego Miranda para evitar o gol.

O Boa até ameaçou no minuto seguinte, quando Willian Barbio lançou Bruno Tubarão nas costas da defesa e o chute cruzado passou perto da trave direita. Mas só foi isso que o time mineiro fez durante todo primeiro tempo.

O Brasil-RS buscou o seu gol que saiu aos 15 minutos. Itaqui recuperou a bola no campo defensivo e fez um longo lançamento pegando a defesa toda aberta. Welinton Junior partiu em velocidade, deu um toque por cima no goleiro e completou de cabeça para as redes. Um golaço, com chapéu e tudo. Ele mesmo quase ampliou aos 18, após cabecear forte o cruzamento de Éder Sciola, pelo lado direito. Igor Ryan fez grande defesa.

No segundo tempo, porém, o Brasil-RS dormiu em berço esplêndido. Começou devagar, esperando o adversário ao invés de matar o jogo. Quase levou o empate aos 19 minutos, quando Daniel Cruz ajeitou no peito dentro da área e virou de perna esquerda. A bola bateu no pé da trave e saiu.

Só na metade do segundo tempo para frente é que o Brasil-RS conseguiu respirar. Quase ampliou aos 36 minutos, quando Léo Bahia puxou contra-ataque pela esquerda e Lourency finalizou forte para defesa de Ryan. Depois disso, administrou a vitória.

Na 37.ª e penúltima rodada, o Boa vai enfrentar o Sampaio Corrêa, no próximo dia 17 (sábado), em São Luis. O Brasil-RS vai receber o Guarani. Os dois jogos vão começar às 17 horas (de Brasília).

FICHA TÉCNICA

BOA 0 x 1 BRASIL-RS

BOA - Igor Ryan; Djavan, Caíque, Luan e Alyson; Cloves (Aldo), Thallyson (Gabriel), Machado (Daniel Cruz) e Bruno Tubarão; William Barbio e Kaio Cristian. Técnico: Tuca Guimarães.

BRASIL-RS - Marcelo Pitol; Éder Sciola, Leandro Camilo, Heverton e Alex Ruan; Leandro Leite, Itaqui e Diego Miranda (Sousa); Wellinton Júnior (Léo Bahia), Lourency e Wallace Pernambucano (Michel). Técnico: Rogério Zimmermann.

GOL - Welinton Junior, aos 15 minutos do primeiro tempo.

CARTÕES AMARELOS - Caíque (Boa); Heverton (Brasil-RS).

ÁRBITRO - Adriano Milczvski (PR).

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio Dilzon Melo, em Varginha (MG).

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.