Ricardo Duarte / Internacional
Ricardo Duarte / Internacional

Em Varginha, Inter tenta 'se vingar' do Boa após cair em casa diante de rival

Líder da série B tenta se aproveitar de situação ruim de adversário, que vem de três derrotas consecutivas

Estadão Conteúdo

17 de outubro de 2017 | 08h10

Dia 1º de julho. Essa foi a data da última derrota do Internacional em casa no Campeonato Brasileiro da Série B. Na ocasião, o Boa venceu por 1 a 0. Depois disso, o time gaúcho emplacou nove vitórias e um empate no Beira-Rio. Na noite desta terça-feira, a partir das 19h15, os comandados do técnico Guto Ferreira têm a chance de "se vingarem" dos mineiros. A partida válida pela 30.ª rodada acontece no estádio Dilzon Melo, o Melão.

+ Jéferson ganha disputa com Valdemir e deve ser titular no Inter

+ Danilo Fernandes e Uendel voltam a treinar e Guto encaminha Inter para terça

Os dois times vivem momentos diferentes. O Boa acumula três derrotas seguidas, sendo a última delas para o lanterna ABC, por 1 a 0, em Natal. Após este tropeço, ocupa a modesta 12.ª colocação, com 37 pontos, correndo o risco até de entrar na zona de rebaixamento se perder e acontecer uma combinação improvável de resultados.

Por outro lado, o Internacional tem cinco vitórias e apenas uma derrota nos últimos seis jogos, resultados que o mantiveram na liderança isolada, com 57 pontos. Mesmo em caso de tropeço, o time gaúcho não pode ser ultrapassado pelo vice-líder América-MG, que possui três pontos e duas vitórias a menos do que o primeiro colocado.

O Internacional teve uma semana inteira de descanso, pois havia entrado em campo na última segunda-feira, na vitória por 1 a 0 sobre o Brasil de Pelotas. O tempo serviu para o técnico Guto Ferreira testar e ver quais as melhores opções, já que o volante Edenílson (suspenso pelo terceiro amarelo) e os atacantes Eduardo Sasha (expulso na rodada passada) e Leandro Damião (lesionado) são baixas.

Nico López foi o escolhido para o lugar de Eduardo Sasha e o meia Camilo é quem será o substituto de Leandro Damião. Assim, William Pottker é quem fará o papel de centroavante, função que exerceu várias vezes com a camisa da Ponte Preta, seu ex-clube.

O mistério é quem entra na vaga de Edenílson: Jéferson ou Valdemir. "É a busca de característica mais próxima do Edenílson, de mobilidade, de marcação, de ocupação de espaço, que o Edenílson tem bastante interessante. A experiência fica difícil de substituir. A definição acontece só amanhã (terça) à noite", comentou Guto Ferreira, tentando despistar o adversário.

Como a delegação do Boa desembarcou em Varginha apenas na noite do último domingo, o técnico Nedo Xavier optou por não comandar um treinamento nesta segunda-feira e fez apenas um trabalho regenerativo com os jogadores que perderam para o ABC, que não ganhava há 11 jogos.

O lateral-direito Ruan, o meia Fellipe Mateus e o atacante Thaciano voltam ao time titular após serem poupados. A dúvida existe em relação ao aproveitamento ou não do volante Escobar, desfalque em Natal com desconforto muscular.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.