Cicinho diz que sonha voltar ao São Paulo: 'Coração é tricolor'

Mesmo jogando na Turquia, atleta faz vídeo se declarando ao clube 

Estadão Conteúdo

13 de janeiro de 2016 | 16h53

Onze anos após o título mundial de 2005, Diego Lugano voltou ao São Paulo e foi recepcionado por centenas de torcedores no aeroporto. Mas o uruguaio não é o único campeão que quer retornar ao Morumbi. Nesta quarta-feira, o lateral-direito Cicinho, atualmente na Turquia, publicou um vídeo em sua conta no Facebook e disse que sonha com a volta.

"Vocês sabem que meu coração é tricolor, é são-paulino. Fiquei muito feliz com a volta do Lugano. Minha vida está entregue nas mãos de Deus. Nunca escondi meu desejo, minha vontade, meu sonho, de um dia vestir novamente a camisa do São Paulo. Se dependesse de mim já estaria lá", diz Cicinho no vídeo. Ele alega que fez a publicação porque muitos torcedores estão pedindo sua volta e ele devia uma satisfação.

 

Agradeço a todos pelo carinho mais uma vez..Publicado por Cicinho em Quarta, 13 de janeiro de 2016

Revelado no Botafogo-SP, Cicinho jogou no Atlético-MG antes de brilhar com a camisa do São Paulo. Ele deixou o Morumbi em 2006, para o Real Madrid. Na Europa, jogou também na Roma antes de voltar ao São Paulo em 2010. Na volta, teve atuações irregulares e acabou no banco de reservas.

O lateral depois passou por Villarreal, Roma e Sport antes de se transferir para o Sivasspor. Na Turquia, aos 35 anos, reencontrou o bom futebol. Tanto que há duas temporadas e meia ele é titular absoluto da equipe. A equipe dele, entretanto, briga contra o rebaixamento.

Por estar em atividade com o Sivasspor, Cicinho foi um dos desfalques do jogo de despedida de Rogério Ceni. Também Danilo, atualmente no Corinthians, não foi ao Morumbi. Daquele elenco campeão mundial, seguem em atividade Lugano, Edcarlos, Josué (ambos deixaram o Atlético-MG no fim do ano passado e estão sem clube), Richarlyson (no Novorizontino), Renan (Portuguesa), Denilson (deixou o São Paulo no ano passado e foi para o futebol árabe), Fábio Santos (no México), Grafite (Santa Cruz) e Thiago Ribeiro (Atlético-MG).


Tudo o que sabemos sobre:
futebolCicinhoSão Paulo FC

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.