Ivan Storti/Santos FC
Ivan Storti/Santos FC

Em Vila lotada, Marinho quer quebrar jejum pelo Santos, e Palmeiras confia em Weverton 

Time alvinegro tenta ampliar distância do rebaixamento e alviverde busca quinto triunfo seguido

Ricardo Magatti, O Estado de S.Paulo

07 de novembro de 2021 | 05h00

Sem marcar há 15 jogos, o atacante Marinho encontrará neste domingo a sua última vítima, o Palmeiras. O clássico acontece às 16 horas, na Vila Belmiro lotada, com mais de 16 mil santistas. O duelo é válido pela 30ª rodada do Brasileirão e opõe um Marinho disposto a quebrar a longa seca de gols pelo Santos diante de um rival que confia muito em Weverton, goleiro que completará 200 jogos pela equipe alviverde.

O Santos vem de duas vitórias consecutivas sob o comando do técnico Carille e abriu vantagem, com 35 pontos, diante de seus principais rivais na luta contra o rebaixamento. O Palmeiras vive um momento ainda melhor. Ganhou seus quatro último confrontos e soma 52 pontos.

Marinho marcou pela última vez no dia 10 de julho, portanto há quase quatro meses, quando o Santos acabou sendo derrotado pelo Palmeiras, por 3 a 2, no Allianz Parque. Na ocasião, o atacante superou Jailson em uma cobrança de pênalti, aos 46 minutos da etapa complementar. 

Apesar de não viver uma grande fase, Marinho continua sendo o artilheiro do time, com sete bolas na rede, atrás somente de Kaio Jorge, com oito, que se transferiu para a Juventus, da Itália. Ele, inclusive, é um dos atletas que mais finalizam a gol na competição e retorna ao time titular após cumprir suspensão na vitória por 1 a 0 frente ao Athletico-PR, em Curitiba.

"Sou um cara que me cobro muito. Não venho bem. Estou há vários jogos sem marcar. Posso ficar até o fim do ano, desde que a equipe vença", falou o atacante em recente entrevista.  Eu venho trabalhando, me dedicando. Sei que às vezes na técnica não vai, mas na vontade não pode faltar".

Aos 34 anos, Marinho tem 107 jogos com a camisa alvinegra e 39 gols marcados. Foi um grande destaque da equipe na última temporada, que terminou com o Santos conquistando o vice-campeonato da Copa Libertadores da América. Neste ano, porém, sofreu com lesões e não foi capaz de repetir o futebol de 2020.

Além do atacante, o técnico Fábio Carille poderá contar também com o meia Vinícius Zanocelo, que estava suspenso e com o zagueiro Emiliano Velázquez. Ele foi reavaliado após reclamar de dores musculares e deve jogar. Kaiky e Luiz Felipe, além do meio-campista Gabriel Pirani, também trabalharam normalmente e estão à disposição.

Weverton, por sua vez, continua em grande fase, e é do lado palmeirense um trunfo para ampliar o retrospecto diante do rival da Baixada. O time de Abel Ferreira, que conhecerá a Vila Belmiro - no ano passado, o treinador estava afastado com covid-19 quando os dois se enfrentaram no estádio - defende invencibilidade de dois anos contra o Santos. São seis jogos sem perder neste período, com quatro vitórias e dois empates.

Weverton é o nono goleiro com mais partidas pelo Palmeiras. A lista tem Fernando Prass como o mais próximo, em oitavo, com 274 jogos. Leão, com 621 exibições pelo clube, lidera o ranking. O camisa 21 é o terceiro goleiro com a menor média de gols sofridos na história do clube: 0,693 gol/jogo (138 em 199 partidas) e alvo de elogios frequentes de Abel Ferreira, por suas atuações e também por sua postura em campo.

"Weverton, para mim é o número 1, o guarda-redes que eu sonhava para quando treinasse uma grande equipe. Ele é extraordinário, tem o pacote todo, como homem, como um dos capitães e como o que mais queremos, como goleiro", elogiou o treinador português.

Abel só não sabe se poderá contar com Jorge. O lateral-esquerdo fez alguns trabalhos durante a semana, mas não é certo que esteja à disposição. No meio, Danilo e Zé Rafael disputam uma vaga. Gustavo Scarpa, em alta, deve ser mantido entre os titulares. Se isso acontecer, Rony joga como homem de referência no ataque e Luiz Adriano permanece entre os reservas.

SANTOS X PALMEIRAS 

SANTOS - João Paulo, Danilo Boza, Robson Reis e Emiliano Velázquez; Madson, Vinicius Zanocelo, Felipe Jonatan e Marcos Guilherme; Marinho, Diego Tardelli e Lucas Braga. Técnico: Fábio Carille. 

PALMEIRAS - Weverton; Marcos Rocha, Gómez, Luan e Piquerez; Felipe Melo, Zé Rafael, Raphael Veiga, Gustavo Scarpa (Luiz Adriano) e Dudu; Rony. Técnico: Abel Ferreira.

ÁRBITRO - Raphael Claus (Fifa/SP)

HORÁRIO - 16h

LOCAL - Vila Belmiro

TV - Globo, Premiere e TNT

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.