Embalada, Ponte Preta 'troca o chip' para buscar a classificação na Sul-Americana

Luan Peres, Fernandinho e Emerson Sheik, que se juntaram ao elenco depois do primeiro jogo, podem enfrentar o Sol de América

Estadão Conteúdo

26 de julho de 2017 | 06h06

Embalada pela reação no Campeonato Brasileiro após as vitórias sobre Coritiba e Atlético Paranaense, a Ponte Preta "troca o chip" e nesta quarta-feira vai em busca da classificação às oitavas de final da Copa Sul-Americana contra o Sol de América, às 19h15 (de Brasília), no estádio Luis Alfonso Giagni, em Assunção, capital do Paraguai.

Na partida de ida da segunda fase, realizada em Campinas (SP), a Ponte Preta venceu por 1 a 0 e por isso tem a vantagem do empate. Se fizerem gol, os brasileiros podem perder até por um de diferença. Quem passar vai enfrentar Sport ou Arsenal, da Argentina, nas oitavas de final.

O técnico Gilson Kleina comandou uma atividade de reconhecimento nesta terça-feira no local da partida. Ele se viu obrigado a fazer algumas mudanças em relação ao time que jogou contra o Atlético Paranaense. Isso porque o lateral-esquerdo Danilo Barcelos, o meia Léo Artur e o atacante Maranhão não estão inscritos na Copa Sul-Americana, assim como os reservas Jean Patrick, Felipe Saraiva e Luis Alí.

Por outro lado, o zagueiro Luan Peres, o lateral-esquerdo Fernandinho e os atacantes Yuri e Emerson Sheik se juntaram ao elenco. Gilson Kleina também vai poder contar com o artilheiro Lucca, que já cumpriu os dois jogos de suspensão na competição sul-americana devido à expulsão contra o Gimnasia La Plata, da Argentina, na primeira fase.

Na lateral esquerda, Jeferson será improvisado no lugar de Danilo Barcelos, abrindo vaga para o retorno de Nino Paraíba na direita. Para "povoar" o meio de campo, Gilson Kleina vai abandonar o esquema com três atacantes, colocando Jadson e Renato Cajá no meio ao lado de Naldo e Elton. Na frente, Emerson Sheik e Lucca.

Para se classificar às oitavas de final, o Sol de América vai precisar acabar com um jejum de seis jogos sem vitórias - quatro empates e duas derrotas. No último final de semana, o time estreou no Campeonato Paraguaio e foi batido pelo Olímpia por 3 a 0, em casa.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCopa Sul-americanaPonte Preta

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.