Embalado, Botafogo tenta avançar na Copa do Brasil

A liderança do Campeonato Brasileiro, em vez de distração, serve como motivação para o Botafogo na Copa do Brasil. O time carioca visita o Figueirense nesta quarta-feira, a partir das 21h50, no Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis, para definir a classificação para as oitavas de final. Um empate ou até mesmo derrota por um gol de diferença, a partir de 2 a 1, garantem a vaga botafoguense - no jogo de ida, em Volta Redonda (RJ), ganhou do rival catarinense por 1 a 0.

LEONARDO MAIA, Agência Estado

24 de julho de 2013 | 07h49

A confiança está em alta, mas a soberba deve ser mantida em baixa. Esse foi o recado passado pelo técnico Oswaldo de Oliveira a seus jogadores, que têm a ordem de manter a postura audaciosa do time. "Pelo ano que estamos tendo, nosso objetivo é a classificação. Não passa pela nossa cabeça uma eliminação. Uma equipe, quando tem objetivos maiores, tem que passar por obstáculos", disse o zagueiro Bolívar, um dos jogadores mais experientes do elenco botafoguense.

O zagueiro de 32 anos, que defendeu o Internacional antes de chegar ao Botafogo, está mais preocupado com o clima que a equipe vai enfrentar na capital catarinense - a previsão do tempo indica uma mínima de 4ºC para a noite desta quarta-feira. "Temos que nos adaptar. No estádio do Figueirense costuma ventar muito, então temos que nos preparar", avisou Bolívar.

Um dos pontos fortes do time será testado diante do Figueirense. A defesa botafoguense tem a média de 0,53 gols sofridos por partida. E se o Botafogo passar incólume mais uma vez, a classificação estará garantida na Copa do Brasil. "Sofremos poucos gols, mas temos que destacar o sistema ofensivo, pois ele inicia a marcação na frente e a bola demora a chegar na defesa", frisou Bolívar.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCopa do BrasilBotafogo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.