Embalado, Corinthians vence a Ponte e avança na Copinha

Boquita faz dois na vitória por 3 a 1 que garante o time nas quartas-de-final, contra o Fluminense, na terça

Tercio David, estadao.com.br

17 de janeiro de 2009 | 20h28

Animado com a goleada do time principal no amistoso diante do Estudiantes, da Argentina, os meninos do Corinthians venceram a garotada da Ponte Preta por 3 a 1, neste sábado, no Luiz Augusto de Oliveira, em São Carlos, pelas oitavas-de-final da Copa São Paulo de Juniores.Veja também:Cruzeiro vence de virada e elimina o Santos Copa São Paulo de Juniores - Resultados e classificação Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão Corinthians goleia o Estudiantes no PacaembuCom a vitória, o time de Adaílton Ladeira se classificou para enfrentar o Fluminense - que eliminou o América Mineiro também neste sábado - na terça-feira, novamente em São Carlos.Fazendo valer a condição de favorito, o Corinthians abriu o placar aos 16, graças a uma falha do goleiro da Ponte. Após uma cobrança de falta levantada na área, o corintiano Fernando Henrique dividiu com Reynaldo, que saiu mal e errou o soco na bola, que ficou limpa para Boquita só empurrar para o gol.  Corinthians3André Dias; Arnon      (Silvio), Nando     , Guilherme e Bruno Bertucci; Jadson (Rafael Almeida), Sasha, Douglas      e Boquita; Marcelinho e Fernando Henrique.Técnico: Adaílton Ladeira Ponte Preta1Reynaldo; Romeu     , Márcio, Renan e Galvão; Tinga, André Santos, Paulinho      (Samuel) e Moisés (Luiz Gustavo); Juninho e André Ariose (Renan Pereira).Técnico: Flamarion NunesGols: Boquinta, aos 16 minutos do primeiro tempo. Juninho, aos 10, Boquita, aos 21, e Silvio, aos 46 minutos do segundo tempo.Árbitro: Leandro Bizzio MarinhoEstádio: Luiz A. de Oliveira, em São Carlos (SP)O Corinthians poderia ter praticamente liquidado o jogo ainda no primeiro tempo. Aos 26, depois de boa trama no ataque, Bruno Bertucci recebeu na esquerda e fez ótimo cruzamento para Fernando Henrique marcar de cabeça. Mas o árbitro Leandro Bizzio Marinho anulou o gol, alegando um impedimento inexistente do corintiano.Embora o Corinthians fosse o favorito à vitória, a Ponte Preta estava longe de ser um time ruim e mostrou isso logo no começo do segundo tempo. Aos 10, Luiz Gustavo fez grande lançamento para Juninho, que entrou em velocidade na área e tocou na saída do goleiro André Dias para empatar a partida.Mas o oportunismo de Boquita estava em dia. O camisa 10 novamente mostrou bom posicionamento para marcar o segundo, aos 21. Marcelinho recebeu cruzamento na direita da área e bateu cruzado na saída de Reynaldo. O chute saiu torto e encontrou o pé do meia corintiano, que só desviou para a rede.Para fechar a conta, Silvio ainda marcou o terceiro gol, já nos descontos. Marcelinho recebeu na esquerda e descolou bom cruzamento para o atacante cabecear bonito na segunda trave para garantir de vez o acesso do Corinthians às quartas-de-final.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.