Embalado, Goiás encara desafio contra o Cerro Porteño

Embalado pela grande vitória sobre o Corinthians no Pacaembu, domingo passado, pelo Brasileirão, o Goiás se volta nesta quinta-feira para a Copa Sul-Americana. No jogo de ida das oitavas de final da competição continental, o time goiano enfrenta o Cerro Porteño, a partir das 22h30 (horário de Brasília), no Estádio General Pablo Rojas, em Assunção, no Paraguai.

AE, Agencia Estado

24 de setembro de 2009 | 08h02

Veja também:

tabela Copa Sul-Americana: Calendário e resultados

especialTodas as notícias sobre a competição

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão

Apesar de estar na disputa pelo título no Brasileirão - ocupa o quarto lugar -, o Goiás vai jogar com força máxima na Copa Sul-Americana. O técnico Hélio dos Anjos, inclusive, pretende manter o mesmo time que derrotou o Corinthians por 4 a 1, apostando no sucesso da dupla Fernandão e Iarley para vencer o Cerro Porteño.

"Queremos ganhar para ter mais tranquilidade no jogo de volta", disse o atacante Iarley, lembrando que o Goiás receberá o Cerro Porteño no dia 1º de outubro, no Estádio Serra Dourada, em Goiânia, para decidir a classificação para as quartas de final da Copa Sul-Americana. "Os paraguaios são um adversário difícil de vencer, mas não é impossível."

No Cerro Porteño, time de bastante tradição no futebol paraguaio, a novidade para o jogo desta quinta-feira é a escalação do jovem meia Iván González, de apenas 19 anos. Ele foi o escolhido pelo técnico Pedro Troglio para substituir Julio dos Santos, que ainda se recupera de contusão. "Não podemos errar", avisou o treinador.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.