Maurícia da Matta / EC Vitória
Maurícia da Matta / EC Vitória

Embalado pela Copa do Brasil, Vitória enfrenta Atlético-MG para manter boa fase

Vágner Mancini deve preservar alguns titulares que começaram a partida contra o Internacional

Estadão Conteúdo

22 de abril de 2018 | 08h34

Embalado pela classificação às oitavas de final da Copa do Brasil ao eliminar o Internacional nos pênaltis na última quinta-feira, o Vitória quer manter a boa fase na temporada. Para isso, joga por um bom resultado diante do Atlético Mineiro neste domingo, às 16 horas, no estádio Independência, em Belo Horizonte, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro.

+ Há quatro jogos sem vencer, Atlético-MG encara o Vitória para espantar crise

+ Veja quais são os confrontos das oitavas da Copa do Brasil

Na estreia da competição nacional, o time baiano empatou por 2 a 2 com o Flamengo, no estádio Barradão, em Salvador. O resultado foi diretamente influenciado pela arbitragem, que teve uma noite desastrosa, prejudicando os dois times ao marcar um pênalti inexistente para o Vitória e expulsar o flamenguista Everton Ribeiro. Além disso, no segundo tempo, o assistente deixou de marcar impedimento no lance do segundo gol do Flamengo.

Deixando de lado os erros da arbitragem, o time do técnico Vagner Mancini tem no gol um jovem em boa fase. Após falhar no jogo de ida contra o Internacional, Caíque se redimiu e, com dois pênaltis defendidos, foi decisivo na classificação da equipe na Copa do Brasil.

"Sempre falo com a minha família que o céu e o inferno eles estão um perto do outro. Graças a Deus, pude ajudar a minha equipe, meus companheiros. Futebol é gostoso por causa disso. Cada dia é possível dar a volta por cima. Pude mostrar meu potencial, minha confiança e levo mais essa lição. A gente pode cair várias vezes, mas uma hora vai se levantar. Pude me levantar e me erguer novamente", disse o goleiro.

Em relação aos 11 titulares que estarão em campo em Belo Horizonte, Vagner Mancini pode preservar alguns jogadores por conta do desgate físico. Boa parte dos atletas terminaram a partida contra o Internacional extenuados. Caso do atacante Neilton, que voltou de lesão muscular antes do previsto e foi o principal personagem da classificação. Recuperado de lesão no joelho, o volante Filipe Soutto participou dos últimos treinos e pode ficar à disposição.

Se Filipe Soutto é um possível reforço, Bryan, Cleiton Xavier, Luan e André Lima seguem vetados pelo departamento médico. Dos quatro, Luan é quem está mais próximo de voltar aos gramados.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.