Lucas Merçon/Fluminense
Lucas Merçon/Fluminense

Embalados no Brasileirão, Flu e Atlético-GO se enfrentam pela Copa do Brasil

Jogo de ida pela quarta fase da competição nacional acontece nesta quarta-feira, no Maracanã

Redação, Estadão Conteúdo

16 de setembro de 2020 | 07h29

Em um dos dois duelos que reúnem times da elite do Campeonato Brasileiro na quarta fase da Copa do Brasil, Fluminense e Atlético-GO começam a decidir com quem ficará a vaga nas oitavas de final do torneio nacional mais rentável do país. O duelo de ida está marcado para essa quarta-feira, às 21h30, no Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, conforme foi decidido por sorteio. As duas equipes vêm embaladas por vitórias no Brasileirão, mas mudam de foco para abrir vantagem rumo à classificação.

O jogo de volta está marcado para a próxima quinta-feira (24), desta vez na casa do Atlético-GO, no Estádio Olímpico Pedro Ludovico, em Goiânia (GO). Em caso de igualdade, a decisão da vaga vai ser decidida nos pênaltis. As duas equipes se enfrentaram recentemente no Brasileirão, na sétima rodada, quando ficaram no empate por 1 a 1, também no Maracanã.

Para chegar até a quarta fase, o Fluminense eliminou: Moto Club-MA, Botafogo-PB e Figueirense. No Brasileirão, aparece na oitava colocação com 14 pontos somados e vem de vitória em casa diante do Corinthians, por 2 a 1. Logo à frente do Atlético-GO, que está na 11ª posição com 12 após vencer o Bahia, por 1 a 0, em Salvador. O time goiano eliminou União-MT, Santa Cruz-PE e São José-RS na Copa do Brasil.

Com um treino em seu CT na tarde desta terça, o Fluminense encerrou a sua preparação para encarar o Atlético-GO. Para a partida, o técnico Odair Hellmann terá o desfalque de cinco jogadores. As maiores baixas estão no setor defensivo. Isso porque os zagueiros Digão e Frazan estão com dores musculares e não têm condições de jogo. Nino e Matheus Ferraz disputam uma das vagas, para fazer dupla de zaga com Luccas Claro.

Já o lateral-esquerdo Danilo Barcelos também está fora. Ele já defendeu o Botafogo na Copa do Brasil e, por regulamento, não pode jogar a Copa do Brasil em dois times. Do outro lado, Egídio foi confirmado na lateral-esquerda, após ficar de fora na última rodada do Brasileirão contra o Corinthians.

No ataque, Fred e Caio Paulista estão fora após terem testado positivo para covid-19 nas últimas semanas e seguem afastados do elenco, cumprindo isolamento. Ambos devem ser liberados para os jogos do final de semana. Com isso, Marcos Paulo, Yago Felipe e Yuri disputam a titularidade.

Do outro lado, o Atlético-GO terá desfalques e novidades. Isso porque, o técnico Vagner Mancini poderá contar com o lateral-esquerdo Natanael, que teve seu nome publicado no BID da CBF no final da tarde desta terça-feira (15) após chegar por empréstimo do Internacional e deve fazer a sua estreia com a camisa do time goiano. Ele entra no lugar de Nicolas, que está suspenso.

As outras baixas são o volante Marlon Freitas, que já ficou de fora do último jogo do Atlético-GO no Brasileirão por suspensão, mas agora sofreu uma ruptura parcial do tendão do quadril direito e não tem previsão para voltar a atuar. A lesão não é considerada grave pelo departamento médico, mas o atleta precisará de um tempo para recuperação e por isso será desfalque contra o time carioca.

Já o meia-atacante Everton Felipe, que vinha sendo titular no setor ofensivo, ficará de fora já que não foi inscrito na competição por ter atuado com a camisa do Cruzeiro na Copa do Brasil. Sendo assim, Renato Kayser deve aparecer isolado na frente.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.