Emerson deve se apresentar nesta quarta

Apenas o volante Emerson não se apresentou nesta terça-feira ao técnico Carlos Alberto Parreira. Ele foi liberado para resolver problemas particulares - sua separação judicial - em Porto Alegre, e deve se juntar ao grupo nesta quarta para o segundo treino da Seleção na Granja Comary, em Teresópolis. Ainda nesta terça, no caminho do Rio para a concentração da CBF, um contratempo: o ônibus que levava a comissão técnica, com Parreira e Zagallo, teve seu motor superaquecido na subida da serra de Teresópolis e quebrou. Renato e Gilberto Silva também estavam juntos. O grupo, com cara de poucos amigos, teve de esperar por alguns minutos encostados num barranco, à espera de socorro. Um carro da Rede Globo, que vinha atrás, acabou levando Parreira e Zagallo para a Teresópolis. O ônibus que quebrou foi o que saiu do Aeroporto Tom Jobim. Na Granja, Ronaldo mostrou-se renovado após seu depoimento voluntário de segunda à polícia do Rio, para explicar seu suposto envolvimento com o tráfico de drogas. O jogador acredita ter sido usado por traficantes por ser uma pessoa famosa. Seu depoimento foi convincente. O atacante mostrou-se animado com o começo de sua temporada no Real Madrid, com gol na estréia, e deseja transportar esse alto-astral para a Seleção. Disse estar otimista com a classificação do Brasil para a Copa. "Temos de pensar em atuar bem e vencer o jogo com o Chile, que nos dará a vaga e mais tranqüilidade para o técnico Parreira. Estou muito bem porque fiz ótima preparação."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.