Emerson é suspenso por 6 jogos e desfalca o Corinthians

Atacante foi acusado por ter ofendido o árbitro Péricles Bassols na partida contra o Atlético-MG

AE, Agência Estado

14 de setembro de 2012 | 15h57

As ofensas de Emerson ao árbitro Péricles Bassols custaram ao atacante do Corinthians uma suspensão de seis jogos em julgamento realizado nesta sexta-feira pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). Ele começa a cumprir a punição já neste domingo, ficando fora do clássico contra o Palmeiras, no Pacaembu.

Isso porque Bassols relatou na súmula da partida entre o Corinthians e o Atlético-MG, realizada em 2 de setembro, também no Pacaembu, ter sido ofendido verbalmente pelo atacante corintiano. De acordo com o árbitro, o jogador, ao ser expulso, disse poucas e boas para o juiz: "Você é um ladrão, safado, filho da p...!". Depois, Emerson também se recusou a deixar o gramado.

O advogado do Corinthians, João Zanforlim, argumentou que Emerson não disse nada de diferente do usual num campo de futebol. "As palavras que ele supostamente proferiu são comuns dentro de um campo de jogo. Tenho certeza de que ele não chamou o árbitro de filho da p..., não é uma linguagem de carioca. Ele teria o chamado de p... safado", opinou o defensor de Emerson.

A alegação não serviu de muita coisa no STJD. Emerson foi punido por unanimidade. Já Tite, julgado por também ter sido expulso da partida (reclamou acintosamente com o quarto árbitro), foi absolvido e trabalha normalmente no clássico. Por já ter cumprido uma partida de suspensão automática, Emerson ficará fora das próximas cinco do Corinthians. O clube pode entrar com efeito suspensivo ainda nesta sexta-feira.

O departamento jurídico do Corinthians, no entanto, tenta entrar com um efeito suspensivo para que ele atue no clássico e cumpra as suspensões nos jogos seguintes.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCorinthiansBrasileirãoemerson

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.