Emerson enaltece Muricy após título do Fluminense

Herói do Fluminense ao marcar o gol da vitória sobre o Guarani, que garantiu o título brasileiro neste domingo, o atacante Emerson minimizou sua parcela de importância na conquista. Para ele, o homem que precisa ser exaltado é o técnico Muricy Ramalho.

AE, Agência Estado

05 de dezembro de 2010 | 21h23

"É difícil para caramba tentar explicar tudo isso, mas o discurso não pode ser diferente, acho que todo mundo está de parabéns. Nosso treinador [Muricy Ramalho], desculpe a palavra, é sacanagem, o cara é fera. Todo mundo está de parabéns", disse o atacante.

A festa da torcida, que já gritava "é campeão" antes do fim da partida, foi motivo de elogios do atacante. "Essa torcida merecia o título, são 26 anos, não são 26 meses. Está na hora da torcida do Fluminense festejar, ninguém merece tanto quanto eles", opinou.

Sobre o gol, Emerson destacou o fato de entrar para a história. "É um gol que daqui 10, 20, 30 anos vai ser lembrado. Particularmente, fico feliz por ter feito o gol, mas não posso deixar de engrandecer o grupo todo. Herói aqui são todos", concluiu.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.