Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians
Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Emerson Sheik pode prorrogar contrato com o Corinthians

Atacante tem contrato até junho, mas desempenho em campo faz com que existe a possibilidade dele firmar um novo acordo

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

06 de abril de 2018 | 11h58

Um dos ídolos do atual elenco do Corinthians, o atacante Emerson Sheik voltou ao clube com contrato até o fim de junho, como uma espécie de homenagem, mas também um teste para saber se teria condições de ser útil em campo. Seu desempenho acabou sendo melhor do que o esperado e já existe a possibilidade do experiente atleta, de 39 anos, prorrogar seu vínculo por mais um período.

+ Corinthians espera reunião com agentes de Balbuena nesta sexta-feira

+ Cambistas oferecem ingressos para final do Paulistão por R$ 600

+ Título do Paulista seria novidade para 29 jogadores do elenco do Palmeiras

Ainda não houve conversa entre Corinthians e Emerson sobre o assunto, mas os dois lados mostram disposição para conversar sobre o assunto. A ideia é discutir o tema depois do Campeonato Paulista e um dos pontos que precisaria de ajuste é o tempo de contrato. 

O "novo" Emerson Sheik, de fato, tem se mostrado mais maduro e comprometido nos treinamentos do Corinthians e isso tem agradado a comissão técnica e diretoria. A experiência do jogador também é algo que agrada ao técnico Fábio Carille, que não indicou a contratação do atacante, mas aprovou sua chegada quando o nome dele foi sugerido pela diretoria. 

Sheik fez dez jogos neste seu retorno, sendo cinco como titular e mais cinco saindo do banco de reservas. Marcou ainda dois gols, sendo um pelo Paulista e outro pela Libertadores. 

Ele é o único jogador do Corinthians com contrato até o meio do ano. Entretanto, quem também pode deixar o clube em breve é o volante Maycon, que tem tudo encaminhado para se transferir ao Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, depois da Copa do Mundo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.