Clayton de Souza/AE
Clayton de Souza/AE

Emerson Sheik sente dores na coxa e deixa treinamento do Corinthians

Atacante será reavaliado na manhã desta sexta-feira para saber se joga contra o Santos

VÍTOR MARQUES, Agência Estado

15 de setembro de 2011 | 16h38

Emerson deu um susto em todos no Corinthians, na tarde desta quinta-feira, em treinamento no CT do Parque Ecológico (zona leste de São Paulo). Em uma atividade em campo reduzido, com a presença dos titulares do time - exceto os volantes Ralf e Paulinho, que atuaram na quarta pela seleção brasileira contra a Argentina - contra uma equipe formada por jogadores das categorias de base, o atacante sentiu dores no músculo adutor da coxa esquerda e pediu para sair do treino antes de seu final.

De acordo com as primeiras informações dadas pelos médicos do clube, a saída antecipada de Emerson do treinamento foi uma medida de precaução. O atacante será reavaliado na manhã desta sexta para saber se terá condições de jogar o clássico contra o Santos, no domingo, no Pacaembu, pela 24.ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Poupados do treinamento de quarta, o centroavante Liedson e o meia Alex participaram normalmente da atividade desta quinta e não são problema para o técnico Tite. Quem estava afastado há algum tempo para se tratar de uma lesão muscular e voltou a treinar foi o lateral-direito Alessandro.

Outra novidade desta quinta foi a presença do lateral-esquerdo Fábio Santos. Pela primeira vez desde a fratura na clavícula sofrida no clássico contra o Santos, em 10 de agosto, na Vila Belmiro, o jogador foi a campo e realizou um treino físico. Ainda em recuperação da cirurgia realizada dias depois da contusão, Fábio Santos ainda não pode treinar com bola para evitar qualquer choque.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCorinthiansEmerson

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.