Wallace Teixeira/Divulgação
Wallace Teixeira/Divulgação

Emerson treina, se garante no Fluminense e agradece médicos

Atacante mostrou que está plenamente recuperado para voltar ao time no jogo de domingo

AE, Agência Estado

25 de novembro de 2010 | 13h25

RIO - Depois de ficar fora do Fluminense nas últimas seis rodadas do Campeonato Brasileiro por causa de uma lesão no tornozelo esquerdo, o atacante Emerson treinou normalmente nesta quinta-feira e mostrou que está plenamente recuperado para voltar ao time no jogo contra o Palmeiras, no próximo domingo, em Barueri, onde a equipe carioca tentará ficar mais próxima do título nacional.

Após o treino, o jogador festejou o fato de ainda poder defender o Fluminense neste ano, pois a previsão inicial dos médicos indicava que ele só voltaria a atuar em 2011. "Vale lembrar que minha lesão foi séria e a princípio eu nem voltaria neste ano. Quero parabenizar o departamento médico, que fez um grande trabalho e me colocou à disposição do Muricy. Já era para ter voltado diante do Goiás, mas acabei sentindo um pouco. A parte física não deve ser problema", comemorou Emerson, para em seguida lembrar da dura rotina que viveu durante o período de recuperação da lesão.

"A minha cabeça está boa e nosso treinador ajuda. Todos os dias deixava minha casa às 6 horas da manhã para fazer o tratamento, os médicos tentavam me liberar para treinar com bola, mas sentia novamente. Dava muita tristeza não só em mim, e sim em cinco, seis profissionais, mas passou e agora estou de volta."

Emerson ainda fez questão de agradecer aos médicos do clube pelo esforço que fizeram para apressar o seu retorno aos gramados. "Fica aquele gostinho de saber se eu tivesse ali poderia ajudar. Algumas pessoas acham que estamos no departamento médico porque queremos, mas não é. Jogador quer jogar. Quero dar os parabéns aos médicos do Flu e dizer muito obrigado pelo esforço e empenho", reforçou.

Já ao comentar sobre as últimas duas rodadas do Brasileiro, Emerson preferiu adotar um discurso cauteloso, tendo em vista o fato de que outros dois concorrentes seguem na briga direta pelo título. "Vale lembrar que o Flu não ganhou nada, pois ainda estamos disputando com Corinthians e Cruzeiro", opinou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.