Vitor Silva/Botafogo
Vitor Silva/Botafogo

Emiliano Díaz elogia técnica do Botafogo e diz que falta 'recuperar intensidade'

Equipe não vence há sete jogos e está na penúltima colocação do Brasileirão

Redação, Estadão Conteúdo

19 de novembro de 2020 | 16h48

Os sete jogos seguidos sem vitórias, a estreia com derrota de virada e a penúltima colocação no Brasileirão parecem não causar preocupação em Emiliano Díaz, técnico interino do Botafogo enquanto o pai, Ramón, se recupera de cirurgia e não assume. O argentino está encantado com a técnica do elenco e diz que falta apenas "recuperar a intensidade".

"(O time) Está precisando recuperar a intensidade. Mas estamos muito confiantes no grupo, que demonstra essa gana de reverter a situação. Não tenho nenhuma dúvida que eles vão tirar o Botafogo dessa situação", disse Emiliano. "Eles têm muita confiança e isso nos dá tranquilidade."

A intensidade que Emiliano vê faltar, na verdade, é a queda no preparo físico que ele e os companheiros de comissão técnica vêm observando nas últimas partidas. Apesar da qualidade técnica, o Botafogo não consegue repetir nas etapas finais o bom futebol dos primeiros 45 minutos. É nisso que prometem focar nessa primeira semana de trabalho.

"A vontade é de mudar toda a situação rápido. Havia muito tempo que não tínhamos uma equipe com tanta técnica. A verdade é que é muito bom treinar uma equipe assim", elogiou. "Estamos começando a recuperar a intensidade que queremos e passando uma ideia clara de jogo ao time."

Sem condições de deixar a zona de rebaixamento mesmo ganhando na próxima jornada, Emiliano espera iniciar para valer a "era Díaz" no domingo, diante do Fortaleza. Uma vitória servirá de cartão de visitas dele e de sua comissão após a má impressão diante do Bragantino.

O Botafogo levou a virada no primeiro jogo sob sua direção, mas ele alega não ter tido tempo para impor suas ideias, o que já acontece nessa semana livre. A promessa é de uma nova postura na próxima rodada.

Enquanto o pai segue em recuperação de cirurgia e não assume, Emiliano vai trabalhando forte para recuperar a equipe. Ao lado do auxiliar Osmar Ferreyra e do preparador físico Jorge Fidal, o técnico interino foi até assistir jogo do time sub-20. A meta é fazer uma integração dos jovens da base com a comissão técnica argentina. Alguns garotos podem até ser promovidos ao profissional para reforçar o elenco.

Tudo o que sabemos sobre:
Botafogofutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.