Emirados x Eslováquia abre Mundial Sub-20

Com oito meses de atraso, em razão do conflito no Iraque, começa hoje o Campeonato Mundial Sub-20 nos Emirados Árabes Unidos - a partida de abertura será entre os donos da casa e a Eslováquia -, com a esperança de revelar novas estrelas. Mas alguns craques estarão ausentes, como os brasileiros Robinho e Diego, o argentino Tevez e o espanhol Fernando Torres.Mais uma vez, Brasil, Argentina e Espanha são apontados como grandes favoritos. Juntas, estas três seleções faturaram oito das 13 edições da competição. Completam a lista de campeões as seleções de Portugal (1989 e1991), União Soviética (1977), Alemanha (1981) e Iugoslávia (1987).Na primeira fase - que vai até o dia 5 de dezembro -, 24 seleções estarão divididas em seis grupos de quatro, com jogos em turno único. Os dois primeiros de cada chave e os três melhores por índice técnico garantem vaga nas oitavas-de-final (dias 8 e 9). A final será dia 19, em Abu Dhabi.O argentino Tevez apelou para a Justiça Comum com o objetivo de ficar no Boca Juniors e jogar a final do Mundial Interclubes contra o Milan, dia 14 de dezembro, em Tóquio, ao invés de se integrar a seleção Sub-20. Ganhou a causa, mas desagradou o presidente da Fifa, Joseph Blatter. "Esse jogador saiu em cima da hora e, para piorar as coisas, levou o caso para a Justiça Comum. Se não apresentar uma justificativa válida poderia jogar futebol no tribunal ou na lua."O jogo mais importante da primeira fase será entre Argentina e Espanha, que estão no Grupo B ao lado de Mali e Usbequistão. Os argentinos apostam em um elenco formado apenas por jogadores que atuam no futebol doméstico. Destaque para o zagueiro Rodríguez, do San Lorenzo, e o atacante Cavenaghi, do River Plate. A Espanha também aposta nos talentos que despontam na Liga Espanhola, caso do meia Iniesta, do Barcelona.Além dos brasileiros, argentinos e espanhóis, as atenções estarão voltadas, novamente, para o ganês naturalizado norte-americano Freddy Adu, de apenas 14 anos, que assinou contrato com o D.C. United, de Washington, para disputar a Major League Soccer. Em agosto, ele disputou o Mundial Sub-17 na Finlândia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.