EFE/FRANCIS R. MALASIG
EFE/FRANCIS R. MALASIG

Emocionado, Kane celebra dois gols e vitória da Inglaterra: 'Fez justiça'

Atacante do Tottenham define triunfo inglês em estreia na Copa, sobre a Tunísia

Estadão Conteúdo

18 Junho 2018 | 19h22

Harry Kane mostrou nesta segunda-feira por que é a grande esperança de gols da Inglaterra e definiu a vitória sobre a Tunísia, na estreia da Copa do Mundo, com dois gols. O primeiro, logo aos dez minutos de partida. Já o segundo, com contornos dramáticos, já aos 46 do segundo tempo, para assegurar o triunfo por 2 a 1.

+ TEMPO REAL - Tunísia 1 x 2 Inglaterra

+ Apesar do sufoco, Southgate se diz 'muito orgulhoso' da Inglaterra e exalta Kane

Como não poderia deixar de ser, o atacante do Tottenham foi eleito o melhor jogador em campo e celebrou. "A gente tem que lutar até o último segundo. Estou muito emocionado", declarou. "Esse é o nosso caráter. Nós trabalhamos duro para ir por mais de 90 minutos. E fico feliz com o que aconteceu no fim."

A Inglaterra dominou os primeiros minutos do confronto desta segunda e acumulou oportunidades perdidas. No segundo tempo, porém, não conseguiu manter o ritmo e pouco perigo levou ao gol tunisiano. Mesmo assim, Kane considerou que a vitória foi merecida por parte de sua seleção.

"Acho que o gol no final fez justiça à partida", afirmou. "No primeiro tempo, nós nos sentimos bem. Poderíamos ter marcado dois ou três gols no primeiro tempo e garantir a vitória cedo. Mas na Copa do Mundo, contra qualquer time, eles sempre vão lutar e seguir, e precisávamos lidar com isso. Mas estou muito satisfeito pela forma como jogamos."

 

Com os resultados desta segunda, Bélgica e Inglaterra têm três pontos no Grupo G da Copa do Mundo. No domingo que vem, a seleção de Southgate encara o Panamá, em Nijni Novgorod. Depois, encerra a participação na primeira fase justamente diante dos belgas, dia 28, em Kaliningrado.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.