Empate com gols classifica a Ponte

A Ponte Preta só precisa de um empate com gols ou uma vitória simples contra o Gama para passar às oitavas-de-final da Copa do Brasil, fase antes nunca alcançada pelo time de Campinas. O primeiro jogo aconteceu na semana passada, em Campinas, e terminou 0 a 0. Se este resultado persistir, a decisão irá para as cobranças de pênaltis. O jogo acontece no estádio Bezerrão, em Brasília-DF, a partir das 20h30, e os dois times terão desfalques.O elenco pontepretano viajou nesta manhã para o Distrito Federal. A intenção da comissão técnica era dar maior tranqüilidade aos jogadores, que ainda realizariam um treinamento no período da tarde. Mas a chegada da delegação em Brasília foi tumultuada. Um grupo de torcedores do Gama cercou o ônibus na entrada do Hotel Nacional e todos foram intimidados. A pronta intervenção da segurança do hotel evitou um confronto direto. A direção da Ponte entrou em contato com a Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal, pedindo uma maior proteção à delegação, principalmente no trajeto até o estádio.O técnico Nelsinho Baptista não vai poder contar com o atacante Elivélton, que cumpre suspensão por ter sido expulso no primeiro jogo. O seu substituto será Luciano. A única dúvida do treinador é no meio-de-campo, onde Dionísio e Marco Aurélio disputam a posição.Se conseguir derrubar o tetracampeão brasiliense, será a primeira vez que a Ponte Preta passará para as oitavas-de-final da Copa do Brasil, tendo de enfrentar o vencedor do confronto entre Botafogo-RJ e Remo-PA.A maior arma da Ponte Preta é a motivação. Com a liderança isolada do Campeonato Paulista da Série A-1, somando 25 pontos, o time campineiro quer levar até Brasília a mesma garra e determinação demonstradas no jogo contra a Internacional de Limeira. A vitória por 1 a 0 foi a primeira da Ponte fora de casa no Estadual. "Terminar com a liderança da primeira fase pode nos ajudar muito na semifinal", destacou Nelsinho, relembrando que o regulamento do campeonato determina que, em caso de empate nos dois jogos, a vantagem é de quem tiver feito a melhor campanha na primeira fase.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.