Rodrigo Coca/ Agência Corinthians
Rodrigo Coca/ Agência Corinthians

Empate com o Athletico-PR deixa Gustavo Mosquito triste, apesar dos dois gols

Equipe corintiana segue viva na briga por vaga na Libertadores, mas deixou escapar chance de abrir vantagem para rivais

Redação, Estadão Conteúdo

11 de fevereiro de 2021 | 00h22

Os dois gols marcados não foram suficientes para deixar o atacante corintiano Gustavo Mosquito satisfeito, após o empate, por 3 a 3, com o Athletico-PR, nesta quarta-feira, na Neo Química Arena, em Itaquera, pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro.

"Feliz pelos dois gols, mas triste pelo resultado", disse o melhor jogador em campo, autor de um gol em cada tempo. O primeiro saiu após lindo chapéu e finalização com o pé esquerdo, enquanto o segundo lembrou os pontas tradicionais, ao tabelar com Araos e bater cruzado.

"Temos um jogo a menos, seria importante vencer", disse Mosquito, referindo-se ao fato de o time de Parque São Jorge ter disputado 34 jogos contra 35 de seus principais concorrentes a uma vaga na pré-Libertadores. "Já temos confronto agora com o Flamengo (domingo), jogo difícil, mas vamos buscar os três pontos para chegar à Libertadores."

Além do Flamengo, o Corinthians tem mais três jogos: Santos, Vasco e Inter. A equipe do técnico Vagner Mancini soma 49 pontos, em oitavo lugar na classificação.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.