Empate da Lusa confirma rebaixamento do Palmeiras

O Palmeiras está rebaixado para a segunda divisão do futebol brasileiro. Depois de ter empatado com o Flamengo por 1 a 1, na tarde deste domingo, em Volta Redonda (RJ), o time dependia de uma derrota da Portuguesa agora à noite para manter as esperanças. Mas a Lusa empatou com o Grêmio por 2 a 2, no Canindé, e confirmou a queda palmeirense para a Série B de 2013.

AE, Agência Estado

18 de novembro de 2012 | 21h26

Exatamente 10 anos depois de cair para a segunda divisão pela primeira vez, o Palmeiras está de volta à Série B. Mesmo tendo sido campeão da Copa do Brasil em julho, o time fez uma campanha sofrível no Brasileirão, que culminou com o rebaixamento neste domingo. Em 36 rodadas disputadas até agora, foram apenas 34 pontos somados, como nove vitórias, sete empates e 20 derrotas.

Para evitar o rebaixamento neste domingo, o Palmeiras precisava vencer o Flamengo e ainda torcer por tropeços de Bahia e Portuguesa na rodada. Mas os palmeirenses não conseguiram fazer nem mesmo a sua parte. Em Volta Redonda, o time saiu na frente com o gol de Vinicius, mas levou o empate de Vagner Love nos minutos finais e teve que amargar um sofrido empate.

Como o Bahia derrotou a Ponte Preta por 1 a 0, também durante a tarde deste domingo, em Salvador, a única esperança palmeirense passou a ser a derrota da Portuguesa. Mas a Lusa conseguiu empatar com o Grêmio no Canindé. Assim, o Palmeiras não tem mais chances matemáticas de evitar o rebaixamento, juntando-se ao Atlético-GO e ao Figueirense, que já tinham caído.

Agora, resta definir apenas quem será o último rebaixado do Brasileirão. Além de Atlético-GO (27 pontos), Figueirense (30 pontos) e Palmeiras (34 pontos), o outro integrante da zona de rebaixamento do campeonato é o Sport. Nas duas últimas rodadas, a luta do time pernambucano é contra Bahia e Portuguesa - um dos três também vai para a Série B de 2013.

O Palmeiras, por sua vez, tem que amargar mais uma vez o rebaixamento no Brasileirão. Há 10 anos, o time caiu e voltou para a elite na temporada seguinte, com o título da Série B de 2003. Agora, terá um 2013 bastante peculiar, no qual disputará a Libertadores no primeiro semestre - é o atual campeão da Copa do Brasil - e a segunda divisão nacional a partir de maio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.