Mauro Horita/Agência Paulistão
Mauro Horita/Agência Paulistão

Empate do Corinthians em Ribeirão Preto agrada Róger Guedes: 'De bom tamanho'

Atacante cita desentrosamento e gramado seco como obstáculos encontrados pelo time diante do Botafogo

Ricardo Magatti, O Estado de S.Paulo

19 de fevereiro de 2022 | 21h12

Eleito pela segunda partida seguida o melhor em campo, Roger Guedes ficou satisfeito com o empate do Corinthians por 1 a 1 com o Botafogo na noite deste sábado, pela oitava rodada do Campeonato Paulista. O atacante citou o desentrosamento e o gramado seco como fatores que atrapalharam o time, que mostrou pragmatismo e pouca inspiração em Ribeirão Preto.

"Acho que fomos muito bem na partida. Começamos bem, o time não estava tão entrosado. Não tive tantos espaços para receber a bola, mas está bom. Empate está de bom gosto. Sabíamos que seria um jogo difícil", analisou o atacante.

Roger Guedes foi um dos três titulares que começou o jogo no interior paulista. Cássio e João Victor foram os outros dois. Sem Renato Augusto, Giuliano, Willian e Paulinho, que entraram nos minutos finais, o atacante recebeu poucas bolas. Foi quem mais tentou no ataque corinthiano, mas esteve bem marcado e quase não teve chances para marcar. 

O desentrosamento foi um problema para o Corinthians, além do gramado, conforme mencionou Guedes. "Jogamos em um gramado seco, que prejudica nossa equipe. Estamos acostumados com a Arena, com o gramado molhado, e um pouco do time que não vinha jogando", opinou. 

"Acho que o empate está de bom tamanho. Depois do gol recuamos um pouquinho, o que é natural da partida. Temos que ajustar isso para continuar em cima do adversário o tempo inteiro", completou o atleta.

O empate fora de casa interrompeu a sequência de vitórias do Corinthians no Estadual. O time buscava o quarto triunfo consecutivo no torneio. Mas o resultado não é ruim em termos de pontuação. A equipe lidera com folga o Grupo A. São 14 pontos somados. O próximo desafio é apenas no dia 27, domingo que vem, às 11h, contra o Red Bull Bragantino, na Neo Química Arena.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.