Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Empate garante Brasiliense na Série B

O Brasiliense-DF usou o regulamento para assegurar o classificação à fase final do Campeonato Brasileiro da Série B. Jogando na tarde deste sábado, no Estádio Serejão, a Boca do Jacaré, o Brasiliense empatou com o Santa Cruz por 1 a 1. Com o resultado, o time do Distrito Federal ficou na segunda posição do Grupo A com oito pontos e carimbou o passaporte para disputar o quadrangular decisivo.O time de Brasília se junta ao Bahia-BA, Avaí-SC, Fortaleza, que disputam para ver quem serão os dois melhores que vão participar da Série A em 2005. Na próxima fase, o Brasiliense encara o Bahia-BA, dentro de casa, no próximo sábado, dia 06 de novembro. Al em da classificação, o time de Brasília conseguiu manter sua invencibilidade de um ano sem derrotas dentro do seu estádio. Já o Santa Cruz, quarto colocado com sete pontos, acabou eliminado e agora não tem nada para fazer neste restante de ano. O time de Recife disputa o Campeonato Pernambucano do próximo ano.Incentivado por seus torcedores, que compareceram em bom número, o Brasiliense começou pressionando. Logo aos 11 minutos, o meia Iranildo foi derrubado na proximidade da área, falta. Ele mesmo bateu no ângulo direito do goleiro Guto e fez o primeiro gol. Mesmo em vantagem no placar, o Brasiliense continuou atacando. Aos 17 minutos, o atacante Val Baiano recebeu na cara do gol, no entanto, ele finalizou nas mãos do goleiro Guto.Aos poucos, o Santa Cruz começou a equilibrar as ações. Aos 33 minutos, O atacante Carlinhos Bala, do Santa, foi derrubado na meia lua, falta. O zagueiro Léo Oliveira chutou forte, sem chances para o goleiro França: 1 a 1.Mesmo com a vantagem de poder empatar, o Brasiliense começou pressionando o adversário no início do segundo tempo. Logo aos quatro minutos, por pouco Jacaré não fez o segundo. O meia Iranildo cobrou escanteio do lado direito, Val Baiano cabeceou forte e a bola bateu caprichosamente no travessão. Com os dois ataques pecando nas finalizações, a partida não saiu do 1 a 1. Melhor para o Brasiliense que ainda continua na briga pelo acesso à Primeira Divisão do futebol brasileiro.

Agencia Estado,

30 de outubro de 2004 | 18h42

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.