Empate no Ceará deixa Leão irritado

Acabou a paciência de Emerson Leão com o time do Palmeiras. O empate diante do Fortaleza com um jogador a menos ? a exemplo do que acontecera no clássico diante do Corinthians ?, no último sábado, deixou o técnico irritado. ?Não adianta saber jogar. É preciso vencer as partidas?, disse. ?O jogador precisa rever a cada dia o que houve no jogo anterior e aprimorar para a partida seguinte. E isso não tem sido feito?. Leão considerou o empate justo e criticou a postura do time, principalmente na etapa final. ?Tínhamos um jogador a mais. Precisávamos buscar o segundo gol, que definiria o jogo. Mas demos espaço ao Fortaleza, que, com jogadores rápidos, soube chegar à igualdade?. Apesar dos 12 pontos de desvantagem para o líder Corinthians, Leão ainda tenta manter em alta a motivação do grupo para os nove jogos que restam no Campeonato Brasileiro. ?Não é hora de pensar em título. Vamos nos concentrar rodada a rodada. Buscar a vitória sempre?. O Palmeiras volta a campo na quarta-feira, diante do Figueirense, no Palestra Itália. Leão não poderá contar com o volante Marcinho Guerreiro e o lateral-esquerdo Fabiano, que receberam o terceiro cartão amarelo no Ceará. Roger e Michael podem ganhar nova chance no time titular. Daniel, que cumpriu suspensão diante do Fortaleza, retorna para formar dupla com Gamarra. Gláuber volta a ser opção no banco de reservas. Diego Souza e Gioino, irregulares nos últimos jogos, podem ser substituídos por Pedrinho e Cláudio.

Agencia Estado,

23 de outubro de 2005 | 19h54

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.