Empates seguram primeiros colocados na Série B

Dos quatro jogos realizados na noite desta sexta, três terminaram empatados em 1 a 1

Agencia Estado

19 de setembro de 2008 | 22h56

Quatro jogos abriram a 26.ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro nesta sexta-feira. Com exceção do Corinthians, os outros três times que compõem o G-4 entraram em campo, mas nenhum deles venceu.Veja também: Brasileirão Série B - Classificação Brasileirão Série B - Calendário e resultados Dê seu palpite no Bolão Vip do LimãoO Vila Nova saiu na frente, mas sofreu uma virada incrível do Juventude, por 4 a 3, enquanto o Avaí tropeçou em casa frente ao América-RN, por 1 a 1. No ABC, o Santo André cedeu o empate, no final do jogo para o São Caetano, também por 1 a 1. Em Feira de Santana, Bahia e Ceará repetiram a mesma igualdade no placar.Com os tropeços dos times do G-4, Bragantino, que recebe o Marília, e Ponte Preta, que enfrenta o Corinthians, no Pacaembu, poderão encostar no grupo dos melhores caso vençam seus jogos no sábado. A maior surpresa foi o América-RN, que parou o Avaí, conquistando um ponto importante na sua luta incessante contra o rebaixamento. Assim, o Avaí se mantém na quarta posição, com 46 pontos, e o América chega aos 28 pontos, na 16.ª posição.Depois de estar vencendo por 2 a 0, e depois por 3 a 1, o Vila Nova bobeou e permitiu a virada do Juventude, que venceu por 4 a 3. Apesar do tropeço, o time goiano manteve a vice-liderança da competição, com 47 pontos, enquanto os gaúchos chegam aos 39 pontos, na oitava colocação.No clássico do ABC entre São Caetano e Santo André, a partida terminou em 1 a 1. O Santo André permanece na terceira posição, com 47 pontos, enquanto o adversário segue com a campanha irregular, na 11.ª posição, com 33 pontos.No Nordeste, Bahia e Ceará empataram em 1 a 1, em Feira de Santana. O time cearense é o nono colocado, com 36 pontos, enquanto que o time visitante vem logo a seguir, com a mesma pontuação.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirão Série B

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.