Rafael Ribeiro/Divulgação
Rafael Ribeiro/Divulgação

Empresa de telefonia renova contrato com a CBF por mais oito anos

Novo compromisso prevê apoio às seleções feminina e masculina com companhia que desde 2005 patrocina a seleção brasileira

Estadão Conteúdo

12 de janeiro de 2015 | 11h49

A CBF anunciou oficialmente nesta segunda-feira que acertou a renovação do contrato que tem com a Vivo por mais oito anos. O novo compromisso firmado com a empresa de telefonia vai até janeiro de 2023, sendo que a parceira prevê apoio às seleções brasileiras masculina e feminina.

O acordo entre a entidade que controla o futebol nacional e a Vivo começou em 2005. E a empresa festejou a renovação do vínculo por um longo prazo. "Trata-se da modalidade esportiva mais expressiva, relevante e democrática do país. Não há nada que conecte mais os brasileiros do que o amor à seleção brasileira de futebol", disse Christian Gebara, diretor de negócios da Vivo, por meio de declaração reproduzida pelo site oficial da CBF.

Embora a seleção brasileira tenha decepcionado na Copa de 2014, a CBF conta hoje com 13 patrocinadores, quase todos de marcas consagradas e consolidadas no mercado em diferentes seguimentos. São eles: Nike, Itaú, Vivo, Guaraná Antártica, Sadia, Chevrolet, Mastercard, Samsung, Gillette, Gol Linhas Aéreas, EF Englishtown, Unimed Seguros e Michelin.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCBFseleção brasileira

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.