Empresa russa tenta comprar a Roma

O presidente da Roma, Franco Sensi, revelou nesta terça-feira ter recebido proposta para vender o clube. Segundo o próprio dirigente, a interessada é a empresa russa Nafta Moscou, que teria oferecido US$ 502 milhões pelo controle do atual vice-líder do Campeonato Italiano.?É verdade que existe a negociação com os russos, mas essa é uma discussão a longo prazo?, afirmou Franco Sensi em entrevista ao jornal Gazzetta dello Sport. Para não preocupar a torcida, ele também garantiu que, caso a venda seja concretizada, continuaria participando do comando do clube. ?Seguiria como presidente de honra?, explicou o dirigente, que chegou a dizer nos últimos meses que deixaria a Roma no final desta temporada.Com os brasileiros Mancini, Emerson e Lima no elenco, a Roma pode se tornar o segundo grande clube europeu nas mãos de empresários russos. Afinal, o milionário Roman Abramovich comprou no ano passado o inglês Chelsea, onde já investiu mais de US$ 200 milhões na contratação de jogadores.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.