Empresário anuncia saída de Alberto

O empresário de Alberto, Toninho Carlos, informou neste sábado que o jogador, enfim, aceitou a proposta do Spartak de Moscou. Ainda de acordo com o agente, o atacante que defendeu o Santos no Campeonato Brasileiro passará o fim de ano com a família, para viajar no dia 3 à capital russa, onde se submeterá aos exames médicos de praxe. Só depois disso assinará o contrato de três anos com seu novo clube.Apesar de a proposta do Spartak ser muito superior à do Santos, Alberto chegou a pensar na hipótese de permanecer na Vila Belmiro. "Ele é muito grato ao Santos e ao técnico Émerson Leão. Se dependesse só de sua vontade, não deixaria o Santos nem a cidade. Mas em termos financeiros a proposta do Spartak era indiscutível", resumiu o procurador.Antes de se integrar ao clube russo, Alberto quer fazer uma festa de despedida para os ex-companheiros de Santos. O bota-fora, porém, dependerá da agenda do time e do período em que o jogador for liberado pelo Spartak.Na torcida - O atacante Robinho, do Santos, teve um dia de torcedor. O jogador campeão brasileiro foi observar um treino na Praia da Enseada, no Guarujá, apoiando seu amigo Deivid, do Corinthians, que jogará neste domingo, às 9h30, pela seleção paulista, contra os cariocas em um desafio de beach soccer (o jogo terá transmissão da Rede Globo). Robinho também jogaria, mas teve de desistir porque está com uma inflamação na canela esquerda."Gosto de jogar em qualquer modalidade de futebol. Nunca joguei em areia fofa como esta, só em areia mais dura", disse o atleta, que nasceu em São Vicente. "Fiquei chateado de não poder jogar. Mas vou estar aqui para dar uma força para o pessoal", prometeu Robinho.Depois de sua projeção no Campeonato Brasileiro, cresceu o interesse por seu futebol na Europa. Fala-se em uma possível transferência para o Bayern de Munique, que estaria disposto a pagar US$ 10 milhões para tirá-lo da Vila Belmiro. Por enquanto - até por recomendação médica -, Robinho só quer descansar. Mas já afirmou que, se fosse para jogar na Europa, gostaria de vestir a camisa do Barcelona.O Santos é dono de 70% do passe do jogador - os outros 30% pertencem a seu pai. Para Francisco Lopes, diretor de futebol do clube, a notícia não passa de especulação.Mas neste sábado, em Santos, surgiu mais um indicativo de que Robinho pode mesmo se transferir para o time alemão. Sabendo que o clube vai priorizar a disputa da Copa Libertadores da América, Karl Heinz Rumenigge, o presidente do Bayern Munique, acenou com a possibilidade de contratar o atacante santista agora e deixá-lo na Vila Belmiro até o fim do primeiro semestre.Robinho e Diego foram cortados da seleção brasileira Sub-20 que vai disputar o Sul-Americano do Uruguai porque o Santos alegou que os dois estão se recuperando de contusões.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.