Wilton Junior/AE - 28/6/2010
Wilton Junior/AE - 28/6/2010

Empresário confirma que Corinthians enviou proposta para contratar Luís Fabiano

José Fuentes afirma que o atacante está com vontade de voltar para o futebol brasileiro

estadão.com.br,

11 de janeiro de 2011 | 12h45

SÃO PAULO - O empresário de Luís Fabiano, José Fuentes, confirmou que o Corinthians enviou na última segunda-feira uma proposta ao Sevilla, da Espanha, para contratar o atacante. "Espero ter uma resposta da equipe ainda nesta terça", declarou Fuentes, em entrevista à TV Bandeirantes.

Veja também:

linkWillian deve fechar com o Corinthians

De acordo com o agente, o jogador está interessado em retornar ao futebol brasileiro. "Desejo de voltar ele tem sim, principalmente tendo em vista os eventos importantes que vão acontecer no Brasil nos próximos anos", declarou, em referência principalmente à Copa do Mundo de 2014.

No entanto, a transação não é fácil. A multa para que o contrato de Luís Fabiano seja rescindido é de 20 milhões de euros (R$ 43 mi), e o Corinthians teria oferecido 'apenas' 5 milhões de euros (R$ 11 mi). Segundo José Fuentes, é possível que o Sevilla aceite vencer o goleador por 12 milhões de euros (R$ 26 mi).

"Por menos do que isso acho difícil que ele seja liberado", declarou o empresário, que ainda contou que Luís Fabiano teve duas propostas recentemente recusadas pelo Sevilla. O Olympique de Marselha ofereceu 15 milhões de euros e o Milan quis pagar 14 milhões de euros.

No entanto, Fuentes não deixa de demonstrar otimismo. "Eu gostaria de vê-lo no Brasil. E analisando os valores brasileiros, do contexto brasileiro, é altíssimo o valor oferecido pelo Corinthians, além do que eu esperava", assinalou à TV Bandeirantes.

Ainda segundo o agente, o Internacional também mostrou interesse no atacante. Mas o time gaúcho queria trazê-lo por empréstimo, algo descartado pelo Sevilla.

Histórico. Luís Fabiano, de 30 anos, foi titular da seleção brasileira na Copa do Mundo da África do Sul, no ano passado. Fez três gols em quatro jogos, mas não teve boa atuação na eliminação do Brasil diante da Holanda nas quartas de final da competição.

Está no Sevilla desde 2004, quando foi contratado junto ao São Paulo - deixou o Morumbi como ídolo. Antes, já havia atuado pelo Rennes, da França, e Ponte Preta, clube em que foi revelado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.