Divulgação
Divulgação

Empresário de Balotelli e Ibrahimovic disputará presidência da Fifa

O holandês de origem italiana Mino Raiola, de 47 anos, é mais um a tentar destronar Joseph Blatter. Eleição será dia 29 de maio

Mike Collett, Reuters

23 de janeiro de 2015 | 14h15

Mais um azarão entrou na corrida para desafiar Joseph Blatter na disputa pela presidência da Fifa na eleição de maio - Mino Raiola, empresário de jogadores de futebol que tem Mario Balotelli e Zlatan Ibrahimovic como seus clientes

O holandês de origem italiana, de 47 anos, precisa comprovar o apoio de cinco federações nacionais de futebol a sua candidatura e mostrar que teve envolvimento direto com o esporte por pelo menos dois dos últimos cinco antes do prazo final para apresentação formal de candidaturas, a meia-noite de 29 de janeiro.

"Fico gravemente doente quando penso que Blatter pode ser reeleito", disse Raiola, segundo o jornal Daily Telegraph.

O ex-secretário-geral da Fifa Jérôme Champagne, da França, e o vice-presidente da Fifa na Ásia, príncipe Ali Bin Al-Hussein, da Jordânia, são considerados os únicos concorrentes firmes a Blatter, apesar de Champagne ter admitido que ainda não tem o apoio de cinco federações.

David Ginola, ex-jogador da seleção francesa, anunciou na semana passada sua candidatura em uma entrevista coletiva, mas o anúncio foi considerado um lance de publicidade organizado por uma empresa de apostas.

A eleição para presidência da Fifa acontecerá em Zurique, no dia 29 de maio.

Tudo o que sabemos sobre:
FUTFIFAPRESIDENCIADISPUTA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.