Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians
Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

Empresário de Pedrinho recua e admite que se excedeu ao apontar saída do jogador

Will Dantas postou novo vídeo nas redes sociais para declarar amor ao Corinthians e dizer que indignação é apenas com o árbitro de vídeo

O Estado de S.Paulo

18 Outubro 2018 | 16h44

Depois de declarar que o ciclo de Pedrinho havia chegado ao fim no Corinthians, Will Dantas, empresário do jogador, voltou às redes sociais nesta quinta-feira para colocar panos quentes em sua declaração. O agente reconheceu que exagerou nas palavras iniciais, justificou que a irritação era restrita apenas ao mau uso do árbitro de vídeo na decisão da Copa do Brasil e ao mesmo tempo insistiu que há interesse de muitos clubes da Europa no atleta.

"Não estou pipocando. Aqui nasceu homem e vai morrer homem. mas como deu muita repercussão. tentei expressar minha indignação com o VAR. é inadmissível  o que aconteceu ontem. Amo  o Corinthians e sou muito grato ao Corinthians. Minha indignação não é com ninguém, mas com o VAR que não acrescenta nada no futebol. Tenho pavio curto", justificou.

O empresário também falou sobre a sondagens de clubes do exterior. "Sobre a saída do Pedrinho, existem sim vários clubes da Europa interessados mas ainda não tem nada de concreto, todo jogador almeja jogar em um grande clube europeu e com o Pedrinho não seria diferente", comentou. 

Mas explicou que a negociação não deve acontecer por agora. "Não estava nos meus planos fazer isso de imediato mas o assédio está muito grande", comentou e na sequência reconheceu: "sou um barril de pólvora e acabei me excedendo."

Pela manhã, Will Dantas se mostrou indignado com o gol anulado do meia após o uso do árbitro de vídeo na derrota para o Cruzeiro por 2 a 1 e chegou a dizer que Pedrinho iria deixar o Corinthians. "Na vida tudo é um ciclo e para mim o dele aqui já acabou. Não era meu desejo, mas tenho que gerir com muito cuidado a carreira desse que será um dos maiores jogadores que esteve por aqui e não souberam aproveitar", afirmou.

Recentemente, Pedrinho recebeu sondagens de grandes clubes da Europa como o Paris Saint-Germain e o Barcelona. Com multa de 50 milhões de euros (cerca de R$ 185 milhões), o meia tem vínculo com o Corinthians até dezembro de 2020.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.