Ricardo Duarte/SC Internacional
Ricardo Duarte/SC Internacional

Empresário Delcir Sonda faz 'doação' ao Inter e perdoa dívidas de R$ 25 milhões

Em contrapartida, empresário espera que o colorado continue recebendo uma boa gestão por parte da atual diretoria

Redação, Estadão Conteúdo

31 de dezembro de 2018 | 20h06

O Internacional revelou nesta segunda-feira, último dia do ano, que recebeu um "presente" de fim de ano do empresário gaúcho Delcir Sonda. O torcedor colorado decidiu fazer uma doação ao clube na forma de perdão de dívidas no valor de R$ 25 milhões.

De acordo com o clube, Delcir assinou contrato anistiando as dívidas que o clube tinha com ele neste fim de ano. Em contrapartida, o empresário cobrou apenas que o Inter continue recebendo uma boa gestão por parte da atual diretoria, na sua avaliação.

"Sou muito grato ao Inter por todas as alegrias que o clube já me deu. Por acreditar na seriedade das pessoas que hoje estão comandando a instituição, faço esse gesto. O objetivo é contribuir para que o futuro do nosso colorado siga sendo grandioso", afirmou Delcir Sonda.

O empresário foi o responsável por ajudar o clube na contratação de jogadores como D'Alessandro, Nilmar e Aránguiz nos últimos anos, quando investidores podiam atuar na aquisição de atletas. Delcir já chegou a ser cotado para se tornar conselheiro do clube, mas seu vínculo anterior com o clube, através destas contratações, impediria sua participação no Conselho.

Reeleito neste mês de dezembro, o presidente do Inter, Marcelo Medeiros, exaltou a trajetória do empresário no clube gaúcho. "Hoje, como não se pode mais ajudar dessa maneira, ele foi buscar uma nova forma de contribuir com o clube do coração. Por isso, decidiu fazer esse gesto solidário e histórico", afirmou o dirigente.

"O Inter é muito grato não só pelo significativo montante perdoado, mas também pela confiança que ele demonstra na nossa maneira de gerir", declarou Marcelo Medeiros.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.