Nelson Almeida / AFP
Nelson Almeida / AFP

Empresário desabafa e afirma que ciclo de Pedrinho no Corinthians acabou

Atacante fez gol que seria o da virada na final da Copa do Brasil 2018, mas foi anulado após árbitro olhar o vídeo

Estadão Conteúdo

18 Outubro 2018 | 13h06

O Corinthians pode ter mais uma péssima notícia depois de perder o título da Copa do Brasil para o Cruzeiro com a derrota por 2 a 1, na noite de quarta-feira, na Arena Corinthians, em São Paulo. Na manhã desta quinta, em suas redes sociais, Will Dantas, empresário de Pedrinho, desabafou e mostrou muita irritação com o gol anulado do meia após o uso do árbitro de vídeo (VAR, na sigla em inglês), que colocaria o time paulista na frente do placar por 2 a 1.

O agente declarou que o ciclo de Pedrinho no Corinthians acabou. "Pra mim foi a gota d'água, já deu, muito difícil trabalhar num país de desonestos como esse Brasil onde as pessoas fazem o que querem e fica por isso mesmo, país de 'entendidos' e safados, queria aqui de coração deixar o meu agradecimento para essa enorme torcida do Corinthians que sempre esteve ao nosso lado, nunca esqueceremos de vocês", declarou Will Dantas no Instagram, deixando em aberto uma possível saída do jogador de 20 anos.

Pouco depois destas declarações, torcedores responderam a publicação e muito pediram a permanência de Pedrinho no Corinthians. Mas o empresário continuou desabafando. "Na vida tudo é um ciclo e para mim o dele aqui já acabou. Não era meu desejo, mas tenho que gerir com muito cuidado a carreira desse que será um dos maiores jogadores que esteve por aqui e não souberam aproveitar", afirmou.

"Infelizmente não tem mais condições dele ficar nesse país e também, assim como vocês, estou triste com isso. Ele jamais esquecerá vocês", completou o agente do meia corintiano.

Recentemente, Pedrinho recebeu sondagens de grandes clubes da Europa como o Paris Saint-Germain e o Barcelona. Com multa de 50 milhões de euros (cerca de R$ 185 milhões), o meia tem vínculo com o Corinthians até dezembro de 2020.

 
Mais conteúdo sobre:
futebolCorinthiansPedrinho

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.