Empresário fará depoimento secreto

A CPI da CBF/Nike acaba de decidir que a partir de agora, o depoimento do empresário Jimmy Martins, será secreto. O procedimento tomado pela comissão envolveu uma negociação dos parlamentares com o advogado do empresário e pode facilitar o repasse de informações que Jimmy Martins dispõe sobre negociação de jogadores e emissão de passaportes falsos.Martins confessou que forneceu passaportes falsificados ao ex-jogador Careca para serem utilizados pelos jogadores Jeda e Dedé na Europa. Ele admitiu ainda que forneceu "três ou quatro passaportes para jogadores?, mas pensou que eram documentos legais. ?Eu me senti traído por dois empresários que são os senhores J. Caldeira e Domingos de Jalo", disse. Ainda de acordo com o empresário Jimmy Martins, "tem gente no governo português que está envolvida com passaportes falsos". Martins está sendo acusado também, na CPI, de haver infringido a Lei nº 8.137/90 Artigo 1º Inciso I, por crime de sonegação fiscal. Apesar de manter conta bancária no Brasil, Jimmy Martins admitiu na CPI que nunca fez declaração de Imposto de Renda.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.