Divulgação
Divulgação

Empresário garante Jonathan Cafu '90% dentro do Palmeiras'

Luiz Carvalho revela propostas de outros clubes, inclusive o São Paulo, mas diz que a prioridade é o acerto com o Alviverde

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

14 de janeiro de 2015 | 15h05

O atacante Jonathan Cafu deve acertar com o Palmeiras na manhã desta quinta-feira. Quem diz isso é o empresário do atleta, Luiz Carvalho, que admitiu ter recebido diversas propostas de outros clubes, mas afirmou que a prioridade sempre foi o Palmeiras.

"O que combinamos é que amanhã (quinta-feira) cedo nós temos uma reunião para tentar resolver uma cláusula que falta acertar no contrato. O Alexandre (Mattos, diretor executivo do Palmeiras) viajou e por isso não dá para falar com ele hoje (quarta-feira). Eu diria que o Cafu está uns 90% no Palmeiras", disse o agente, em entrevista ao Estado.

Ainda segundo Carvalho, o que está pendente é uma cláusula sobre o valor para uma  negociação do jogador. A ideia é que ele assine um contrato de três anos de duração, embora tenha recebido diversas outras propostas, inclusive do São Paulo.

"São Paulo, Atlético-MG, Internacional, Vasco, América do México e um clube da China demonstraram interesse nele através de documentos. Não foram sondagens de boca, mandaram documentos mostrando interesse. Só que o Palmeiras é a prioridade e o acordo só não vai sair se o clube falar que não quer mais ele, o que eu duvido, já que até me mandaram a minuta de contrato."

Confirmando o acerto com Cafu, o Palmeiras chegará a 15 reforços. Os outros nomes já certos são: o lateral-direito Lucas, o lateral-esquerdo João Paulo, os zagueiros Vitor Hugo e Victor Ramos, os volantes Gabriel, Amaral e Andrei Girotto, os meias Zé Roberto, Alan Patrick e Robinho e os atacantes Dudu, Kelvin, Leandro Pereira e Rafael Marques.

Tudo o que sabemos sobre:
Mercado da BolaFutebolPalmeiras

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.