Epitácio Pessoa/Estadão
Epitácio Pessoa/Estadão

Encontro do Bom Senso FC define diretrizes para reunião com CBF

Calendário, fair-play financeiro e participação nos conselhos técnicos são assuntos a serem debatidos

PAULO FAVERO, Agência Estado

30 Setembro 2013 | 20h17

SÃO PAULO - Depois de ter sua primeira reunião realizada nesta segunda-feira, o Bom Senso FC, movimento que cobra melhores condições no futebol brasileiro, divulgou um documento com a definição das diretrizes para uma futura reunião com a CBF. Os jogadores agora lutarão para que este encontro com a entidade, que ainda não foi marcado, possa ser realizado o mais breve possível.

Segundo o documento divulgado momentos após a reunião, na noite desta segunda em São Paulo, as cinco diretrizes a serem discutidas com a CBF são: o calendário do futebol nacional, férias dos atletas, período adequado de pré-temporada, fair-play financeiro (como já existe na Europa, onde os clubes precisam deixar as contas em dia para disputarem torneios continentais) e participação nos conselhos técnicos das entidades que regem o futebol.

O documento foi assinado pelos vinte jogadores presentes na reunião: Barcos (Grêmio), D''Alessandro (Inter), Dida (Grêmio), Alex (Coritiba), Gilberto Silva (Atlético-MG), Lincoln (Coritiba), Fabrício (São Paulo), Rafael Moura (Inter), Gabriel (Inter), Juan (Inter), Alex (Inter), Deivid (Coritiba), Jadson (São Paulo), Bruno (Palmeiras), Correa (Portuguesa), Edu Dracena (Santos), Rogério Ceni (São Paulo), Paulo André (Corinthians), Edu (sem clube), Paulo César (sem clube).

O Bom Senso FC surgiu após as mudanças da CBF no calendário do futebol brasileiro para 2014. Por causa da Copa do Mundo, a entidade apertou as datas de jogos e reduziu o período de férias e da pré-temporada, no início do ano, o que desagradou os jogadores. O movimento começou com 75 atletas, mas garante já contar com 300 participantes, entre jogadores de clubes da séries A e B do Campeonato Brasileiro.

Apesar de terem dado início a esse movimento com a prerrogativa de conseguir alterações no calendário para 2014, o Bom Senso FC já começa a planejar voos mais altos, buscando mudanças mais profundas no futebol nacional. O movimento encerra o documento divulgado nesta segunda com a seguinte frase: "Bom Senso FC, por um futebol melhor para quem joga, para quem torce, para quem transmite e para quem patrocina".

Mais conteúdo sobre:
futebolBom Senso FCreunião

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.