Felipe Rau/Estadão
Felipe Rau/Estadão

Enderson deve se despedir do Santos neste domingo

Rollo foi o único dos cinco candidatos a assumir publicamente que irá mudar tudo no comando do futebol santista, em todos os cargos

SANCHES FILHO, O Estado de S. Paulo

04 de dezembro de 2014 | 17h56

Enderson Moreira deve se despedir do Santos no jogo contra o Vitória, domingo às 17h, no estádio Barradão, em Salvador, no encerramento do Campeonato Brasileiro. É possível até que antes do jogo o treinador já receba o aviso de que está fora dos planos para 2015 se Orlando Rollo for eleito o novo presidente do clube neste sábado.

Rollo foi o único dos cinco candidatos a assumir publicamente que, se ganhar, uma das suas primeiras decisões vai ser mudar tudo no comando do futebol santista, do superintendente (André Zanotta) ao técnico. Os outros quatro candidatos não antecipam o que pretendem fazer, mas também não demonstram simpatia pelo trabalho de Enderson.

O que pesa contra Enderson foi ter deixado escapar a classificação às finais da Copa do Brasil na Vila Belmiro depois de o Santos estar ganhando do Cruzeiro por 3 a 1 e a pífia campanha do time na reta de chegada do Brasileiro, com cinco derrotas e dois empates, quando a obrigação era de pelo menos brigar diretamente por uma das vagas para a Libertadores de 2015.

Enderson assumiu no começo de setembro e teve um turno inteiro do Brasileiro para impor a sua filosofia de trabalho, mas sob o seu comando o time não melhorou em nada em relação ao do seu antecessor Oswaldo de Oliveira. Em 23 jogos - quatro deles da Copa do Brasil - o Santos obteve 10 vitórias, sofreu nove derrotas e empatou quatro vezes.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSantos FCEnderson Moreira

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.