Enderson é demitido do Atlético-PR após apenas 8 jogos

Treinador também deixou o Santos há poucos meses

Estadão Conteúdo

20 de abril de 2015 | 12h45

Durou pouco mais de um mês a passagem de Enderson Moreira pelo Atlético Paranaense. Nesta segunda-feira, a direção do clube curitibano anunciou a demissão do treinador, dois dias após o time ser batido por 3 a 1 pelo Rio Branco na Arena da Baixada, em duelo válido pelo torneio da morte do Campeonato Paranaense.

"O Clube Atlético Paranaense informa que o treinador Enderson Moreira deixou o comando técnico da equipe. O CAP agradece o trabalho de Enderson Moreira no período em que ficou à frente da equipe atleticana e deseja sucesso em sua carreira profissional", comunicou o Atlético-PR em nota publicada no seu site oficial.

Após ser demitido do Santos, Enderson assumiu o comando do Atlético-PR em 16 de março. No cargo, ele dirigiu o clube em oito partidas, com três vitórias, três empates e duas derrotas. Assim, classificou o time para a segunda fase da Copa do Brasil, além de deixá-lo na liderança do torneio da morte do Campeonato Paranaense.

Faltando duas rodadas para o encerramento do torneio da morte, o quadrangular define os dois rebaixados da competição estadual. O próximo compromisso do Atlético-PR, que ainda não anunciou o substituto de Enderson, será no próximo domingo, fora de casa, diante do Prudentópolis.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolAtlético-PREnderson Moreira

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.