Ricardo Saibun/Divulgação
Ricardo Saibun/Divulgação

Enderson minimiza jejum de gols de Ricardo Oliveira no Santos

Com apenas um tento anotado na temporada, atacante vem de três partidas em branco. Técnico prega paciência e diz que gols virão

CIRO CAMPOS, O Estado de S. Paulo

23 de fevereiro de 2015 | 11h05

O atacante Ricardo Oliveira retornou ao Santos para substituir Leandro Damião, o reforço mais caro da história do clube. Até agora, o jogador marcou apenas um gol na temporada e passou em branco nos três últimos jogos, o que não deve lhe tirar do time titular. O técnico Enderson Moreira garantiu que o atleta é importante para o esquema tático e disse acreditar que os gols virão.

"O Ricardo Oliveira trabalha muito para equipe. É um jogador muito tático e faz boas movimentações para abrir espaço aos companheiros", afirmou o técnico após o time vencer por 3 a 1 a Portuguesa, no Pacaembu, pelo Campeonato Paulista.

No Santos de 2015 o centroavante tem atuado no setor ofensivo ao lado de Geuvânio e Robinho, que caem pelas pontas e têm a responsabilidade de criar jogadas velozes. O camisa 9 não chegou a balançar as redes neste domingo, embora tenha perdido boas chances, principalmente no segundo tempo.

"Ele não tem tido sorte. Mas estou certo de que isso daqui a pouco vai mudar. De uma hora para outra as coisas vão acontecer e os gols dele vão começar a nos ajudar ainda mais na temporada", explicou o treinador.

O único gol marcado pelo atacante deste o retorno ao Santos foi de pênalti, na vitória sobre o Red Bull Brasil por 2 a 1. Desde então, passou em branco no empate sem gols com São Paulo, no 1 a 0 sobre o São Bernardo e também nos 3 a 1 sobre a Portuguesa. A próxima chance para encerrar o jejum é domingo que vem, quando o clube recebe o Linense no Pacaembu.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.