Lucas Uebel/Divulgação
Lucas Uebel/Divulgação

Enderson Moreira evita culpar Hernán Barcos por derrota do Grêmio

Atacante argentino perdeu dois gols decisivos durante partida contra São Paulo

Agência Estado

25 de maio de 2014 | 10h25

SÃO PAULO - Acostumado a ser herói do Grêmio, o atacante Barcos teve noite de vilão no sábado ao desperdiçar duas chances incríveis de gol contra o São Paulo, no Morumbi. Sem aproveitar suas oportunidades, o jogador viu a equipe gaúcha ser derrotada por 1 a 0, pela 7ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O técnico Enderson Moreira, contudo, evitou atribuir o revés aos erros do atacante. "Todos buscaram fazer o melhor para o time. O atacante, assim como faz, perde. É algo natural. No último lance, ele criou a situação, mas a bola saiu. Acontece. Foi uma situação mais construída do que perdida", avaliou.

O treinador lembrou da importância de Barcos em outras partidas e descartou fazer mudanças no ataque gremista. "O Barcos fica um tempo sem fazer gols, mas já foi decisivo. Ele é importantíssimo. Tem a nossa confiança. Quando entendermos que outro atacante mereça [uma chance], faremos outras opções. Mas as chances perdidas foram criadas por ele. Daqui a pouco a bola começa a entrar", ponderou.

Moreira também isentou os demais jogadores pelo resultado. Para ele, o grupo mostrou postura "boa" durante toda a partida. "Lamentamos o resultado, mas a postura foi boa. Viemos para poder vencer, mas buscamos as situações. O jogo foi decidido no detalhe. Tivemos boas oportunidades. Infelizmente hoje não fomos felizes como em outras situações", lamentou.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolGrêmioEnderson Moreira

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.