Bahia/Twitter
Bahia/Twitter

Enderson Moreira pede demissão do América-MG e acerta para ser o técnico do Bahia

Treinador chega no tricolor para substituir Guto Ferreira

Estadão Conteúdo

16 Junho 2018 | 21h54

Até então o técnico mais longevo da elite do futebol brasileiro, Enderson Moreira, que estava no América-MG há quase dois anos, pediu demissão do clube mineiro para assumir o Bahia. O time de Belo Horizonte informou a decisão do treinador em um comunicado oficial neste sábado.

+ Após tropeços seguidos, Abel Braga pede demissão e deixa o Fluminense

"O América Futebol Clube informa que Enderson Moreira não é mais técnico do Clube. Neste sábado, Enderson pediu demissão e comunicou à diretoria americana que aceitou uma proposta do EC Bahia".

À frente do time mineiro desde julho de 2016, Enderson Moreira foi campeão da Série B do Campeonato Brasileiro em 2017 e comandou a equipe em 111 partidas - com 43 vitórias, 32 empates e 36 derrotas. Foram 112 gols a favor e 110 contra. Ele deixa o América-MG na 13.ª posição no Brasileirão.

O treinador tinha contrato com o clube de Minas Gerais até o final deste ano e, diante da proposta do Bahia, havia reafirmado o seu compromisso em permanecer em Belo Horizonte. No entanto, resolveu aceitar a proposta do clube baiano, que deve anunciar o treinador oficialmente em breve.

Ele chega no Bahia para substituir Guto Ferreira, que foi demitido no começo deste mês, após a derrota para o Grêmio, pelo Brasileirão. O auxiliar técnico Claudio Prates comandou o time nas três rodadas seguintes do campeonato nacional. O primeiro compromisso de Enderson Moreira no comando do novo clube será já na próxima quinta-feira contra o Ceará, na Arena Castelão, em Fortaleza, pela rodada de ida das semifinais da Copa do Nordeste.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.