Enderson Moreira vê empate justo e elogia maturidade do Grêmio

Para ele, o time não merecia ser derrotado e até poderia ter vencido

Agência Estado

20 de março de 2014 | 09h23

ROSÁRIO - O técnico Enderson Moreira ficou satisfeito com a atuação do Grêmio no empate por 1 a 1 com o Newell''s Old Boys, em Rosário, na noite de quarta-feira, pela quarta rodada do Grupo 6 da Copa Libertadores. Para ele, o time não merecia ser derrotado e até poderia ter deixado a Argentina com a vitória.

"O empate fez justiça por tudo que jogamos. Éramos merecedores de um bom resultado", disse Enderson, que viu o Grêmio arrancar o empate apenas aos 46 minutos do segundo tempo, com o gol marcado pelo zagueiro Rhodolfo. "Se tivéssemos ganho, não seria nenhuma injustiça", completou.

Enderson destacou a segurança do Grêmio na partida, mesmo que o time conte com jogadores jovens no seu elenco, como o lateral-esquerdo Wendell e o atacante Luan. "Fico feliz pela postura de maturidade da equipe", afirmou.

O empate na noite de quarta-feira manteve o Grêmio na liderança do Grupo 6 da Libertadores, com oito pontos. Agora, o time volta as suas atenções para o Campeonato Gaúcho, pois no próximo domingo vai receber o Juventude, às 16 horas, na Arena Grêmio, pelas quartas de final do torneio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.