Enderson se defende de críticas após derrota do Flu

O técnico interino Enderson Moreira deve comandar o Fluminense somente em mais dois jogos do Campeonato Brasileiro: contra o Atlético Goianiense, no próximo domingo, no estádio Serra Dourada, em Goiânia, e depois contra o Cruzeiro, no próximo dia 4, no Engenhão. A tendência é que Abel Braga assuma a equipe no jogo contra o Corinthians, dia 12 de junho, no Pacaembu.

AE, Agência Estado

23 de maio de 2011 | 19h22

Enderson se defendeu das críticas por causa da derrota para o São Paulo por 2 a 0, no estádio de São Januário, no Rio de Janeiro, na estreia do clube tricolor carioca no Brasileirão, afirmando que "(treinador) interino tem limitações".

"Não posso fazer tudo só do jeito que eu penso. É importante fazer a transição da melhor maneira possível. Lógico que seria importante com vitórias. O Abel vai chegar, fazer as escolhas dele e é necessário paciência neste momento. Não podemos radicalizar", argumentou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.