Enterro de operário morto na Arena Corinthians será em Diadema

Fabio Hamilton da Cruz caiu enquanto trabalhava na montagem das arquibancadas móveis

O Estado de S. Paulo

30 de março de 2014 | 10h59

SÃO PAULO - O corpo do operário Fabio Hamilton da Cruz, morto neste sábado após sofrer uma queda nas obras da Arena Corinthians, já foi liberado pelo IML de Artur Alvim, na zona leste de São Paulo e encaminhado para Diadema, cidade onde ele vivia e será enterrado. O velório de Fabio acontece no cemitério municipal.

O operário de 23 anos despencou de uma altura de oito metros, segundo a Fast, empresa responsável pelas obras das arquibancadas móveis do estádio que será sede da abertura da Copa do Mundo e, depois de ser levado do hospital Santa Marcelina e passar por um processo cirúrgico, não resistiu aos ferimentos e acabou morrendo.

O corpo do rapaz já passou por uma verificação e foi encaminhado para o velório, que acontece durante a tarde deste domingo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.