Entidade pode reduzir pena de Recoba

A Comissão de Arbitragem do Comitê Olímpico Italiano decidirá nesta sexta-feira sobre o pedido de redução da pena de um ano de suspensão imposta ao atacante uruguaio Alvaro Recoba, por uso de passaporte falsificado. O jogador, da Inter de Milão, foi suspenso em decisão de primeira instância no dia 27 de junho. A pena foi confirmada por um tribunal de apelação no dia 18 de julho, mas o clube italiano decidiu recorrer mais uma vez. A imprensa italiana especula a pena pode ser modificada. Ao invés da suspensão, Recoba poderia ser obrigado a cumprir tarefas de caráter social.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.