Wilton Junior/Estadão
Wilton Junior/Estadão

Entorno do Maracanã será fechado 5h antes da final

Prefeitura sugere que motoristas evitem a região no domingo

AE, Agência Estado

28 de junho de 2013 | 13h55

RIO - A prefeitura do Rio apresentou nesta sexta-feira o esquema especial de mobilidade que será montado para a final da Copa das Confederações, que acontecerá domingo, às 19h, no Maracanã, envolvendo Brasil e Espanha. A principal novidade é o fechamento de todo o entorno do estádio já cinco horas antes do apito inicial e uma hora antes da abertura dos portões.

Como aconteceu nas outras partidas da Copa das Confederações realizadas no Maracanã, a prefeitura pediu que os torcedores com ingresso utilizem preferencialmente os sistemas de trem e metrô. Também pelo fato de o trânsito no entorno estar bloqueado, a prefeitura sugere que os motoristas evitem aquela região da cidade no domingo.

Os torcedores que apresentarem o ingresso da final terão direito à gratuidade no trem e no metrô no domingo, a partir do meio dia, conforme já havia sido anunciado anteriormente pelo Governo do Rio. Na saída do Maracanã ao fim do jogo, as estações a São Francisco Xavier, São Cristóvão e Maracanã também vão aceitar a apresentação do ingresso em troca da liberação da catraca.

A operação contará com 735 controladores da CET-Rio e agentes da Guarda Municipal, incluindo guardas de trânsito e controle urbano. O Centro de Operações Rio (COR) vai monitorar a área do evento com 42 câmeras.

Tudo o que sabemos sobre:
Copa das ConfederaçõesMaracanã

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.